sábado, 14 de agosto de 2010

Pra ler cantando





“ Meu caro amigo me perdoe, por favor
Se eu não lhe faço uma visita
Mas como agora apareceu um portador
Mando notícias nessa fita


Aqui na terra tão jogando futebol...
Que foi aquela porcaria de copa, com um som irritante de vuvuzelas.Depois da copa a verdadeira seleção do povo.Sem Galvão, sem vuvuzela, sem Dunga.Mas com Neymar, Ganso e Robinho.

Choveu bastante agora já faz um solzinho.
Tirei alguns dias de folga lá no trabalho mas deu preguiça de ir pro Rio.
Lá no trabalho? Putz, nem te falo. Sabe aquelas festas que no final um funcionário sempre bebe mais que os outros e dá vexame e baixaria? Pois, que vergonha meu caro.
Falei o que não devia para uma dona. Ela óbviamente não gostou. Me arrependi de ter falado e de ter bebido tanto.Ainda não me recuperei do vexame. Você não reconheceria o amigão naquela cena.Eu mesmo não me reconheci.
Perdi meus dois estagiários. O Lucio foi contratado pela Publicis e o Caio foi trabalhar direto na mídia da Fiat.Logo, logo o moleque vai mandar em mim.Mas a vida é assim mesmo.Orgulho danado por ter contribuído com o sonho deles e uma certa tristeza por tê-los perdido. Estagiários são como filhos a gente forma pro mundo.
E viva o Fábio e a Priscila meus dois novos aprendizes.

Mas o que eu quero é lhe dizer que a coisa aqui tá preta
Muita mutreta pra levar a situação
Que a gente vai levando de teimoso e de pirraça
E a gente vai tomando e também sem a cachaça
Ninguém segura esse rojão

Meu caro amigo eu não pretendo provocar
Nem atiçar suas saudades
Mas acontece que não posso me furtar
A lhe contar as novidades.

O Ryan deu seus primeiros passos na semana passada,
Emoção a flor da pele e aplausos.

Mas o que eu quero é lhe dizer que a coisa aqui tá preta
É pirueta pra cavar o ganha-pão
Que a gente vai cavando só de birra, só de sarro
E a gente vai fumando que, também, sem um cigarro
Ninguém segura esse rojão


Meu caro amigo eu quis até telefonar
Mas a tarifa não tem graça
Eu ando aflito pra fazer você ficar
A par de tudo que se passa

Eu quis até telefonar pra contar que ganhei quatro canecas.
Uma que a Patrícia trouxe de Dubai


A outra o Vilella trouxe de Porto Alegre por ocasião do Jogo da Libertadores do Tricolor, lá no sul.

E a outra a Suzi deixou aqui em São Paulo com  a Cibele mas eu ainda não fui buscar.E esta, olha só, foi a Thais Galucci, da Leo Burnett que me mandou e com um bilhetinho:
“Às vezes você é muito chato mas eu gosto muito de você”


Muita careta pra engolir a transação
E a gente tá engolindo cada sapo no caminho
E a gente vai se amando que, também, sem um carinho
Ninguém segura esse rojão


E a gente continua por aqui, vou arrumar mais tempo, vou fumando, vou amando, vou bebendo mas vou continuar escrevendo porque sem um bloguinho ninguém segura esse rojão.

Bom dia, mas bom dia mesmo!

1 Comentário:

Suzi disse...

Quanta novidade.
Tenho sentido a sua falta...
E como vc diz que se o outro não lhe procurar vc não o procura também... Tô aqui de novo. Mas já pensou se eu fizesse o mesmo??? rs
Apareça, garoto! O Cristo continua aqui, braços abertos sobre a Guanabara. And me too.

Assinar Feed dos Comentários

Postar um comentário

Deixe o Amigão feliz, comente isto!



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

____