quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Semana de aniversário do blog


Mais um daqueles posts que mais gostei de escrever nesses três anos de blog.

Moro em Campo Grande - São Paulo mas sou de Campo Grande, no Rio de Janeiro. Cresci numa família muito pobre de oito irmãos. Nossa rotina era bem simples, durante a semana escola, sábado igreja, domingo praia. A praia mais próxima de casa era Barra de Guaratiba, uns 20 a 30 minutos de ônibus.


Praia de Barra de Guaratiba - Zona Oeste do Rio de Janeiro

Domingo praia. Era o dia mais feliz. E o castigo para as coisas erradas que fazíamos durante a semana era ficar sem praia no final dela.Minha mãe preparava frango com farofa, arroz, suco (refresco). Quando o dinheiro dava havia refrigerantes e com muita sorte a gente ganhava picolé. Que coisa feliz. Que alegria era o domingo.
A gente foi crescendo, e descobriu que as pessoas riam da gente e nos chamavam de "farofeiros".
- Mãe o que é farofeiro?
- Ah filho, isto é besteira de gente que não é feliz.
- Entendi mãe.Besteira de gente que não sabe ser feliz e que não leva os filhos à praia e tem vergonha de ficar ali jogando bola com eles, que nem a gente né mãe?
A descoberta veio com a idade. E foi uma grande decepção para todos nós. "farofeiro, farofeiro!". Com o tempo perdeu-se a vontade de ir à praia com a familia. "Que brega." Prefiria ficar em casa vendo TV, ou lendo. "Farofeiro nunca mais". "To fora!"
Quando se fala em praia hoje, a primeira coisa que vem a cabeça: "tenho que ir ao shopping comprar uma bermuda nova". Sunga nova. Maiô novo. "não posso repetir o que usei no verão passado". E tudo tem que combinar. Óculos de marca, boné de marca. Cores combinando.Se possivel uma prancha enorme em cima do carro, só pra fazer uma "preza" na estrada.O mundo valoriza. As pessoas que estão tentando impressionar também se impressionam.

Vou tirar uns 10 dias de férias a partir de hoje. To indo pra praia mas tem uma coisa, agora sou publicitário, nada de farofa. Pega mau. Ou não? Será que pra ser feliz preciso da aprovação dos outros?

4 comentários. Clique e deixe o seu!!:

Bete Avelar disse...

poxa! você que era feliz!
quando eu era criança meu pai me levava pra SEPETIBA!Já ouviu falar? É uma praia bem ruizinha que tem muita lama
meu pai pensava que era lama medicinal!
e agente era farofeiro também!
mas que bom que você vai tirar uma folguinha!
vamos combinar uma praia legal pra relembrar os velhos tempos, que tal?
sahi, ou praia do saco, lembra?
lá ninguém conhece agente!
(vai dar pra fazer farofa)

Cor de Rosa e Carvão disse...

quem nunca foi farofeiro, que ponha a mão aqui! boa férias Amigão. ando sonhando com as minhas...

Jhow Carvalho disse...

Oá to passando pra dizer que voltei a postar no meu blog, quando puder viste o meu cantinho

Natália disse...

Não, Amigão, você nem ninguém não precisa da aprovação de gente que não sabe ser feliz pra se sentir feliz.
Eu adoro esses textos de infância, e adoro descobrir como foi que você aprendeu a ser esse cara tão bacana a quem eu tenho o enorme prazer de chamar de AMIGO.

beijo carinhoso

Assinar Feed dos Comentários

Postar um comentário

Deixe o Amigão feliz, comente isto!



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

____