quarta-feira, 5 de agosto de 2009


Eu fumo há alguns anos. Não sei bem porquê e nem pra quê comecei com essa porcaria. Não me faz bem, não me dá sensação nenhuma de alivio ou descanso. Mas, anta que sou continuo fumando.
É verdade que dá um certo prazer quando estou no boteco pois além de ser um vício químico, é também um vício social, pois fumamos à mesa e conversando e bebendo.Mas isso tudo tem data para acabar.
A partir desta sexta-feira entra em vigor uma lei estadual que proíbe o cigarro em lugares fechados. Aliás a lei já pegou faz tempo, desde que foi anunciada alguns bares já não permitem fumantes em suas mesas.As multas são pesadas e não haverá área para fumantes. Terminou mesmo.
Ai, o mundo já anda tão intolerante que  nós os fumantes, seremos considerados ilegais, intocáveis...Bem feito pra nós, né não?
Mas já que o papo de hoje é propaganda, o Jornal de Propaganda e Marketing, pediu a sete agências que criassem anúncios informando da lei que começa depois de amanhã. Assim, anúncios sem compromisso apenas para ilustrar a matéria do jornal. Veja algumas peças depois comenta lá embaixo qual gostou mais e o que você acha dessa lei.
 
 
Peça criada pela Full Jazz, informa que " 81% respirnado fumaça (mençao aos brasileiros que não fumam )de 19% (dos brasileiros que fumam). Não parece injusto para você?"
 
"Agora é proibido fumar em lugares fechados. Não somos contra nem a favor da lei. Somos a favor da liberdade e do respeito."
"Ao mesmo tempo que a informação choca, ela ajuda a mostrar que não dá pra ficar dentro de um ambiente fechado respirando todas estas susbstancias." (McCann)
Pensando bem, me parece justo...fazer o quê?
Bom dia!

7 comentários. Clique e deixe o seu!!:

Pronto, falei! disse...

Amigão, eu não acho que essa lei seja a solução definitiva, mas confesso que como não fumante, sempre me senti desrespeitada mesmo, o que me leva a concordar com o primeiro anúncio. Já pensei em sugerir que criassem uma espécie de cabine para que cada fumante respirasse seu próprio veneno (é veneno mesmo, né...?). Também tinha pensado em um cigarro que terminasse numa mangueirinha por onde a fumaça saísse e a ponta dessa mangueirinha fosse conectada a algum outro lugar do próprio fumante para que ele recebesse de volta tudo que estava gerando... enfim, não me orgulho dessas idéias porque por mais justas que me parecessem, conspiram contra a vida dos fumantes, e confesse que tem alguns deles que eu gosto muito e quero mesmo é que vivam bastante e por perto, de preferência sem fumar - como você!

Iza disse...

Vou confessar que sou fumante mas, não fumo perto de ninguém, mesmo aqueles que são fumantes. Penso em parar mas, falta força de vontade. Adorei este espaço!

Um abraço!

Elaine disse...

Olá!
Não gosto de cigarro e a fumaça realmente é muito democrática mas será que a lei é? Sei que cigarro é uma porcaria, sei dos males e sei que os fumantes passivos sofrem(eu sofro, perco o ar) mas fico pensando que daqui a pouco vamos ver uma cigarrolândia, igual à cracolândia, sabe? Gueto dos "perigosos" fumantes. Os dalits do Brasil rsrsrs
Apesar de reconhecer a excelente intenção da lei, penso que deste modo as liberdades individuais vão sendo cerceadas. Hoje os não-fumantes comemoraram, mas amanhã, uma vez aberto o precedente, a lei pode mirar em outra coisa e daí atingir quem agora está celebrando. Já pensou?
Beijos, querido.

Marcone França disse...

Olá Amigão,
As "autoridades" só buscam o caminho mais fácil de resolver determinados problemas. Proibindo eles não tem o trabalho de orientar, ajudar os que querem deixar o vício, e por ai vai.
Abraço!

Amynon disse...

Na facul meus colegas fumam sempre, isso me entristece por que já foram pegos tão cedo. Na hora que chego perto a fumaça ataca meu nariz que fica ardendo depois.
Não entendo a vantagem anquilo, mas o que em resta é incentiva-los a parar enquanto é cedo.
Gostei muito do primeiro cartaz , ele diz tudo.
Um abraço !

Giane disse...

Oi, Amigão!

Eu gostei da arte número quatro.
As palavras saindo do espaço do quadro como se fossem fumaça. Muito sugestivo mesmo.
Sobre a lei...
Eu não fumo. Mas nunca me incomodou nem a fumaça ou o fumante. Acho a lei um tanto radical, mas se é para o bem da maioria, como Você mesmo perguntou, fazer o quê?

Beijos mil!!!

Éverton Vidal disse...

Também me parece justo AmMigao. Convenhamos que há fumantes abusados.

E eu admiro essa coisa sua de nao levantar bandeiras.

Assinar Feed dos Comentários

Postar um comentário

Deixe o Amigão feliz, comente isto!



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

____