segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Em maio deste ano eu reencontrei a Cibele, do Pronto Falei! Fui levar o convite de casamento do meu filho e também convidá-la a me ajudar na cerimônia.

Estes tipos de encontros são importantes. São estes amigos que sabem todos os nossos defeitos e erros. Já passamos tanto tempo juntos e quando nos reencontramos é como se o tempo tivesse parado. As história ficaram sem final e temos a chance de voltar a mesma conversa e lembrar o passado e contar o que aconteceu enquanto estávamos ausentes um do outro. Aquilo que eu já disse por aqui, os amigos da juventude são o nosso verdadeiro DNA.
A Cibele participou da cerimônia de casamento.Participou? Ela organizou tudo, ela e a Suzi que estavam ali como convidadas de repente tomaram conta de tudo e se empenharam para que a cerimônia fosse perfeita.Já que eu, meu filho e os outros estavamos nervorsissímos.Não fosse as duas, não teria sido aquela festa linda.
Reencontrar a Cibele e reconhecer aquele sorriso lindo e meigo. Aquela alegria espontânea e o entusiasmo com a vida e com seu criador, simplesmente aumentam a nossa fé no ser humano.
Ontem ela fez 29 aninhos de idade. Há quem desminta isto, há quem diga que ela tem mais idade do que isso, engano,o rostinho é de 29, a cabeça é de 29 e o coração? Lógico, toda mulher linda, charmosa e cativante sempre faz 29 anos de idade.E nunca sai disso.
E hoje eu tomo cafézinho com esta moça linda, a Ciba.Parabéns querida!
Beijão do amigão e bom dia, mas bom dia mesmo!

sábado, 29 de agosto de 2009

Eu lembrei de uma canção que a gente cantava quandobem criança lá na escolinha da igreja:
Se na família está Jesus é feliz o lar, é feliz o lar, é feliz o lar!
Se com o vovô está Jesus, é feliz o lar, é feliz o lar!
Se com o Ryan está Jesus, é feliz o lar, é feliz o lar!
Se com o papai está Jesus, é feliz o lar, é feliz o lar!

Se com a mamãe está Jesus, é feliz o lar, é feliz o lar!


Se na familía está Jesus, é feliz o lar, é feliz o lar!
E os nossos sábados eram tão felizes assim como foi hoje!

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

De tanto ler o blog do seu Alberto , “Espiando Albertinho”, cujo maior sonho é participar do BBB10, eu acabei sonhando que tava na final do Big Brother e justamente com quem? Ele mesmo. Eu e o senhor Albertinho estávamos na final disputando o prêmio de um milhão.Eu linda e loira e o Albertinho todo cool e muito bem humorado.
No sonho o Albertinho era mais o animado principalmente na hora que apareceu a família e os amigos dele na TV, ele começou a gritar:
- Caracas, a Polyana, a Dany, a Luca....meu pai, minha mãe.O pessoal da UFMA. Caraca veio todo mundo!
Da minha parte não havia ninguém conhecido a não ser Janderson, meu ex, que estava com um cartaz “Elite volta pra mim”. Fora ele nem o meu patrão deu a cara nas telas. Um monte de gente estranha de camiseta vermelha com a minha foto e gritando meu nome.
Já não agüentava mais aquela palhaçada quando o Bial depois de muita enrolação passou a fazer o discurso final.Quem venceria? Eu ou o Albertinho?Ele segurou as minhas mãos mas ele estava certo da vitória.Disse que nem ia querer saber de posar nú pra revista nenhuma e nem tão pouco sair no paparazzo.Que metido.Aquele aparelhinho que media os batimentos do coração disparava a 120, 150, 200 achei que ia explodir.

- Boa noite meus guerreiros. Elite você que veio como um furacão e como uma brisa se foi. Em alguns momentos explodiu em ímpetos, em outros desaguou em ternura. E você Albertinho, uma flor que chegou em botão e desabrochou na convivência com os brothers.
Olha, Albertinho... no ínicio, você demonstrou a alegria e o orgulho de ser do Maranhão, achou que seria uma referencia cultural, conseguiu. Nós aqui fora experimentamos emoções sem correr perigo.Como dizia Fernando Pessoa “tudo vale a pena quando a alma não é pequena” e você provou que tem a alma grande. Mas havia uma pedra no caminho mas como diz um amigo do amigão é “melhor uma pedra no caminho do que duas pedras nos rins”.
Vocês aí dentro nós aqui fora.Os juizes que decidem não perdoaram. Mas você botou pra fora todos os seus sentimentos de amor, ódio e vingança. E como grande estrategista e jogador que sabe tudo de BBB achou que seria uma boa idéia ter um romance aí dentro com a Elite.E o povo sensibilizado abençoou a união de vocês.
Elite! Um paredão, dois paredões, três paredões, quatro, cinco paredões.Você foi e voltou dos cinco...aí complica bastante.Mas o Albertinho estava sempre ali te esperando e chorando. Pois como dizia o poeta: “E a cada volta sua irás pagar o que esta ausência tua me causou”.
O público passou a conhecer vocês melhor. Vocês dois foram se revelando, como seres humanos que são, exibindo suas contradições e incoerências. Os defeitos ficaram bem mais delineados.O publico é movido a paixão, Albertinho. É explosivo, uma hora é fogo, outra hora é fumaça.Depois cinzas...É como diria a mãe do amigão: “Caveira quem te matou foi a língua”Ou como dizia .....
Mas vamos abreviar o sofrimento. Com 89,8% dos votos quem ganha um milhão neste BBB10 é você...Elite!
- Uh-hu!!!! Obrigado Jacobina, obrigado Jardim Cocaia, obrigado Brasil! Obrigado!
- Patrão, o senhor está demitido da minha vida!

Maria Elite é a diarista do amigão e escreve todas as sextas aqui no blog do patrão. Ela dita mas quem digita é o patrão, ou ao contrário, sei lá Nana, nem o patrão entende mais as coisas que a Elite escreve. O texto é baseado em discursos do Bial no BBB. E tudo é verdade só a Elite que é falsa.E força pra campanha: @Boni convoca o Albertinho pro BBB10.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Já não mais frequento as festinhas do mercado publicitário, não tenho mais fígado.Assim é raro encontrar os amigos antigos de outras agências. Acontece que na hora do almoço estou sempre esbarrando com eles lá na Av.Juscelino, ou na Cidade Jardim.Nessa região estão concentradas as maiores agencias do país, a DPZ, a Talent, LewLara, Leo, Publicis e outras.Além da sede da Unilever, que é um dos maiores anunciantes do Brasil onde também trabalham muitos publicitários saídos de agências. Já me gritaram até do carro.E sempre que falo que tô na Leo Burnett o que ouço, sem excessão é:
- Como é que tá lá? Tá comendo muita maçã?
Na Léo, há todos os dias uma cesta com maçãs vermelhas na recepção. Aliás em todas as recepções da Leo Burnett no mundo inteiro qualquer visitante ou funcionário, ou cliente pode comer uma maçã.
A ideia surgiu quando um jornal de Chicago afirmou que o velho Leo Burnett iria afundar logo logo se continuasse com suas ideias extravagantes e que em breve estaria nas ruas vendendo maçãs. Depois de ler estas palavras Leo Burnett resolveu oferecer maçãs em vez de as vender.
Outro símbolo interno importante criado por Burnett foi o ícone de “uma mão a alcançar as estrelas”, que ele explicou dizendo:
 “Quando tentamos alcançar uma estrela, podemos não conseguir apanhar nenhuma mas também não acabamos com as mãos cheias de lama.”
Um terceiro símbolo foi o “lápis preto”, um Alpha 245 que Burnett usava no dia a dia durante toda a sua vida. Para Burnett o lápis simbolizava um compromisso para com o calor e humanidade das ideias, e também para com quem as criava (da wikipedia)

Vai uma maçã aí?

terça-feira, 25 de agosto de 2009

É sobre a lanterna dos afogados: "quando tá escuro e ninguém te ouve, quando chega a noite e você pode chorar, há uma luz no porto..."
É sobre a necessidade de ter sempre um amigo em quem se apoiar na hora da escuridão.É sobre a necessidade que sinto em correr na sua direção enquanto você me espera na lanterna dos afogados.E eu dando braçadas fortes para te salvar.
É sobre isso que queria te falar hoje. E o texto que encontrei cai como uma luva para você.
TENTE UM AMIGO
"Desesperançados de todo o gênero; acometidos por todos os tipos de dores e desconfortos; deprimidos e estressados em geral; sofredores e solitários; portadores de desalentos e desesperanças: tentem um amigo.
Daqueles que sabem tudo a seu respeito e assim mesmo gostam de você, como ensinou Kim Hubbard, ou dos que você sempre escreve as faltas na areia, como recomendava Pitágoras; dos que são verdadeiramente, o sal da vida, conforme escreve Juan Luis Vives. Sigam a recomendação de François La Rochefoucauld, “um verdadeiro amigo é o maior de todos os bens e igualmente, de todos aqueles que menos nos preocupamos em adquirir”.
Todos os estudos apontam nessa direção. Não existe nada melhor para todos os tipos de doenças incluindo a depressão, para cansaço e envelhecimento, e até mesmo eficaz aditivo ou suplemento para prolongar a vida. Mais ainda, em momentos de crise como vivemos, amigo é de longe, o melhor dos analgésicos.
Recentemente se divulgaram os resultados de um amplo estudo realizado na Austrália durante um período de 10 anos e com pessoas idosas. Principal constatação: durante o tempo de estudo, as pessoas com grande circulo de amizades tinham 22% menos chances de morrer do que os com poucos ou nenhum amigo. Em 2008, outro estudo da universidade Havard concluiu que pessoas com grandes e fortes laços de amizade preservam mais seus cérebros e capacidade intelectual.
Agora recorra a sua observação. Olhe a seu redor. Identifique dentre as pessoas de seu relacionamento as que vivem melhor, em paz com a vida, sempre sorridentes e felizes. O que têm a mais que você? Amigos.
Um outro estudo realizado em 2006 envolvendo 3.000 enfermeiros nos EUA e que tinham em comum o câncer em suas mamas constatou que aquelas que não possuíam amigas intimas e de verdade tinham quatro vezes mais chances de morrer dessa doença do que as que tinham um circulo de amizades com 10 ou mais amigas".
(Texto de Francisco Madia, no Jornal Propaganda &Marketing ,de ontem)


Assim, por isso, e tudo o mais, se você, encontra-se num momento complicado de sua vida tente um amigo!

segunda-feira, 24 de agosto de 2009


Um dia entrei no blog dela e li um texto triste.Bem triste. Confesso que algumas lágrimas rolaram de tristeza. Eu não a conheço pessoalmente mas  fiquei muito triste. Deixei um recado dizendo que eu iria orar por ela.
Naquela semana eu participei da semana de oração dos jovens adventistas, vizinhos aqui de casa. Foi lá na igreja que tive a oportunidade de orar por ela. Não só por ela, naquela semana eu escrevi uma lista com mais de 50 nomes por quem deveria orar.
Aquela menina tão nova e já viúva com dois filhinhos, só precisava criar coragem para mudar. Eu disse nos comentários que pra ela só havia uma opção mudar. Levantar, erguer a cabeça e seguir em frente.

Eis que essa semana um novo post naquele blog, um post de despedida:


Hola mis amigos bloggers!
Muito em breve estarei escrevendo de outro lugar... estou de mudança, vou para Argentina fazer Medicina lá. E antes que falem no site do MEC existem muuuitas informações de Revalidar o Diploma =) - mas eu não pretendo voltar para cá, só nas férias para passear com meus filhos.
Vou morar no bairro Recoleta que fica próximo a UBA - Universidade Federal de Buenos Aires - resolvi arriscar, já que pelo menos 5 amigos meus já foram e adoraram (sozinha eu não fico, nem hei de ficar!!), sem contar que aprender uma outra cultura, conhecer novas pessoas (lá tem gente de tudo quanto é parte do mundo!!).
Bom eu estou super empolgada, super feliz, acho que essa mudança toda me fará bem, era o que eu estava precisando mesmo, e não vou sofrer com saudade já que a Maria e o Luiz (meus filhos, pra quem não sabe) irão comigo... vou morrer de saudade do meu paizão, mas 'Aguenta coração!!!'
Hoje estou tomando um cafézinho com a Deborah e torcendo, mas torcendo mesmo que ela seja feliz e consiga realizar todos os seus sonhos.
Bom dia e boa semana, mas bom dia mesmo, boa semana mesmo!

domingo, 23 de agosto de 2009

Porque hoje é dia de futebol e porque foi ontem que o Palmeiras destravou e depois de 4 jogos sem ganhar deu uma bela surra naquele time encardido lá do sul, cujos dirigentes falam demais e o time ganha de menos.Apesar de sua ilustre torcedora dona Dulce Bittencourt.
Porque hoje é dia de conhecer o mais ilustre torcedor do Verdão e abrir aquele sorriso de orelha a orelha e pensar que ainda há esperança no mundo.
Porque hoje é domingo eu dizia, dia de futebol e eu posto aquele clipe que já postei duzentas vezes lá no twitter, mas quem não é do twitter ainda não deve ter visto.
Porque o vídeo é de arrepiar mesmo.
Porque eu não me canso de olhar...melhor parar por aqui e deixar você com o vídeo.


E por tudo isso e mais um pouco eu desejo um bom dia. E outro dia eu vi o Phe falando lá no twitter e vou repetir: Tipo assim bom dia pra caramba!

sábado, 22 de agosto de 2009


Não é natal nem carnaval, só liguei porque te amo!


Em fevereiro 2010 o blog completára três anos. e de todas as alegrias que o blog já me deu e me emocionaram bastante, ainda fico arrepiado quando sem esperar me deparo com uma homenagem carinhosa de alguém.
Ela disse que havia lido todos os meus post do mês de agosto e que iria escrever um texto sobre o assunto mas nem de longe eu imaginava isto.Será que foi como ela mesmo disse "culpa da soma TPM + Pequeno Príncipe + Saudade dos amigos + Trabalhando muito + Namorando muito?" Que seja tudo isso e mais a saudade imensa que ela sente e que eu também sinto de algumas pessoas e especialmente dela. Dê uma olhada nesta homenagem que ela faz a esse seu humilde amigão.AQUI

sexta-feira, 21 de agosto de 2009


Eu estava dando uma olhada nesta coisa que é o twitter e cheguei a segunte conclusão: É um bando de desocupados mesmo. Gente que não ta fazendo nada e informando que não ta fazendo nada.O meu patrão por exemplo, era pra estar trabalhando.Como ele consegue twitar durante o expediente? Tem patrão lá não? Fiz uma seleção das besteiras que ele escreve só pra você ter uma idéia da coisa que é aquilo lá.
@ Para bom espremedor, meia laranja basta!
@ Se só existe no Brasil e não é jabuticaba, então só pode ser besteira!
@ Bom dia, eu avisei pra você não andar descalças na Ilha
@ Nem sei se vou dormir hoje, quero ir ver meu neto.
@ Sorry periferia, vou ler um livro de verdade. De papel.
@ Eu me acho muito novo pro papel de avô!
@ Acordei e o Palmeiras continua líder!
@ Eu sou muito egoísta pra deixar alguém roubar minha brisa
@ Eu tentei. Eu fiquei quietinho no meu canto e consegui.
@ Quem refresca cu de pato é lagoa.
@ Decifar ou devorar? Eis a questão!
@ Daqui a pouco vai ter blitz pra pegar gordo, quem ta mal vestido,  quem ta com o cabelo mal cortado, quem não comeu brócolis...ê vidinha
@ Hello das marés!
@ Hello dusonhos!
@ Se fica Sarney, fora Dilma 2010. E agora PT? Resolve esta.
@ Se eu for preso por estar fumando em local proibido eu posso fumar na cadeia?
@ Sarney e Yeda ainda estão na Zona de rebaixamento.
O patrão está perdido.E o pior é que ele ainda tem seguidores.50 desavisados tentam seguir o meu patrão.É ou não é falta de Job, como ele mesmo diz?

@ Maria Elite é a diarista do amigão e escreve todas as sextas aqui no blog do patrão. Não tem mais paciência pra ler as besteiras que o patrão escreve no twitter.Prefere ocupar o tempo ouvindo as belas canções do Leonardo, com este sim ela tuitaria até o dia amanhecer.Todas as noticias aqui são verdadeiras, a unica falsa é ela mesma.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009


Só porque hoje é o aniversário dela, vou re-postar um texto que fiz há muito tempo.

...Mas eu falava das recordações de infância. Amigos, eu apanhei muito. Ah, como apanhei...
Quando era moleque, na nossa casa tinha um quintal imenso e com muitas árvores. Uma delas, a goiabeira, foi grande aliada de minha mãe na nossa educação. Você não tem idéia do que é levar uma surra com uma vara de goiabeira.
A coisa funcionava assim: De repente um de nós erámos pegos fazendo algo que a mãe tinha avisado pelo menos umas quinze vezes que não deveria fazer. E lá ia minha mãe em direção à maldita goiabeira arrancar aquela maldita vara e ainda fazia questão de pegar a mais fina. E vinha em nossa direção com aquele olhar de "eu te avisei".
Aquilo ardia tanto nas costas que a gente antes de fazer a próxima besteira levava muito tempo. E o pior de levar uma surra era ver a cara de arrependimento da mãe e um olhar de tristeza que não saia do rosto dela o dia inteiro.
E a frase que sempre repetia: "Você foi feito com amor, foi criado com amor, porque faz isso comigo?"
Me revoltava também a frase: "engole o choro, não tá doendo nada".
Fomos educados assim com muitas chineladas e muitas mas muitas varadas. Naquela época não tinha este troço de conselho tutelar os pais educavam a gente do jeito que eles bem entendiam.No nosso caso, a gente hoje entende porque somos todos uns verdadeiros goiabões.


Os exemplos também ficaram. Já falei das qualidades religiosas da minha velhinha mas nunca disse que ela era muito irreverente e alegre.Ou disse? Meu pai, alem de debochado e brincalhão gostava de tomar umas cachaças.
Da minha mãe herdamos o lado espiritual e não fazemos praticamente nada sem rezar ou orar antes, também somos alegres e irreverentes. Do pai...bem é verdade a gente gosta mesmo de tomar umas brejas geladas.Mas hoje é o dia da dona Rosário. Beijo mãe!

quarta-feira, 19 de agosto de 2009


Estou chegando agora e ainda não conheci meu avô. Ouvi dizer que os avôs são os únicos que nos compreendem e além do mais a família se reúne inteirinha na casa deles.
Pelo que to entendendo um avô é um velhinho que não tem filhos e por isso gosta dos filhos dos outros.Mas me disseram também que os avôs levam os meninos para passear e conversam bastante sobre futebol, pescaria.
Dizem que meu avô é assim.Um velhinho bem simpático.Já sei meu avô é o Papai Noel? 
Eu sei que os avós não fazem nada na vida e por isso ficam o tempo todo com a gente, como eles são velhinhos não conseguem correr nem rolar pelo chão, mas eles levam a gente pra passear nos shoppings, nos deixam tomar sorvetes mesmo quando a gente tá gripado e na casa deles tem sempre bolos, balas e uma lata de cheia de suspiros.

Eles contam historias de nosso pai ou de nossa mãe quando eram pequenos.Também me disseram que os avós nunca dizem “depressa, já pra cama” ou “se não fizer logo vai ficar de castigo”.
Quase todos os avós usam óculos o meu não usa?
Quando a gente faz uma pergunta, dizem que eles respondem pacientemente e não fazem iguais os pais: “menino, não vê que estou ocupado?”. Eles param, pensam e respondem de um jeito que a gente entende.
Os avós sabem um bocado de coisas e ele não falam com a gente como se nós fossemos bobos nem ficam usando expressões: “que gracinha” igual os outros adultos.
Será que o  colo do meu avô é bem quentinho? Será que ele vai  me abraçar muito gostoso?
Todo mundo deveria tentar ter um avô ou uma avó, porque são os únicos que tem tempo pra nós. E quando eu crescer também quero ser um avô igual o meu avô.Mas eu quero conhecer meu avô logo!

(adaptado de um email corrente da net)

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Nasceu!!!!!

Acordei bem cedo. Tranquilo.Consciência tranquila e em paz. "Quando um não quer, dois não brigam".E eu não quero.Não me interessa vencer discussões.Me interessa mais controlar minhas palavras e para isso preciso aprender primeiro a controlar as minhas emoções.
Quero o meu passo tranquilo, sem medo e sem pressa.Quero voltar do trabalho e pensar em tudo que fiz  e dormir tranquilo.
Acordei pensando que devo exorcisar de minha vida os bem informados da desgraça,os posudos e os donos da verdade.
Quero tomar meu café tranquilo e quero continuar escrevendo sobre coisas que só interessam as almas não pequenas.Você aceita tomar este cafézinho comigo?
“Estou ultimamente precisando apenas de bom papo, boas histórias, boa filosofia de vida e carinho amigo...” (Lula Vieira)

Então é assim: Bom dia, mas bom dia mesmo!

sábado, 15 de agosto de 2009

"Um dia eu liguei para o Amigão. O telefone chamou, chamou, chamou e quando eu ia desligar, ele atendeu:
- “Oi Du, tava pintando o portão, tô todo sujo de tinta aqui!”
E a partir daquela conversa eu fiquei imaginando como seria o portão do Amigão, como seria a rua em que ele mora, a casa e principalmente, em como seria o próprio Amigão." (DuSonho)
O Portão

Quando a campanhia toca eu vivo a emoção.Quem estará do outro lado? Sempre há alguém chamando pra almoçar ou que veio pra tomar uma pinguinha do bar do amigão, ou que veio só olhar, ou pedir uma xícara de açúcar.
É sempre assim. A Ana Carolina sai em disparada mas se você pensa que ela corre pra saber quem está tocando se engana.Ela sabe que o portão vai ser aberto e aproveita para correr pra rua.Eu corro em disparada pra saber quem tá tocando.
As testemunhas de Jeová tocam em horários impróprios mas eu as atendo o mais simpático que consigo ser em plena nove horas da manhã de um domingo de ressaca.Nunca discuti com eles e sempre fui muito respeitoso.Apesar das nove horas de um domingo de ressaca.
Nunca está fechado. Ele é a sua própria chave para os amigos,para os amantes, para as surpresas da vida.Acima de tudo para os reencontros.E são tantos já vividos por detrás desse portão.
Recebe-se tudo e de todos.É só chegar.

Ah! Se você quer me conhecer, pode chegar!!!... Ah! Se você não vai me iludir, pode chegar!!!... Entra a porta está aberta, pode chegar pode estar certa, voce tem muito que viver por aqui!!!...Ah!!! conte comigo pro que der, sou seu amig pro que vier, não se acanhe por favor, seja voce qualquer pessoa pode chegar, não fique atoa... Bem mais feliz você vai ser.(música do Peninha)
Se você quer roubar a minha brisa até pode tocar mas você não vai conseguir.Aqui só entram a alegria e as boas notícias. O portão é o meu coração.
Então você pode ter a certeza de um suco bem geladinho, de um cafézinho fresquinho ou de uma cerveja geladaaaaa! Ou de um simples carinho.
Do outro lado desse portão rola um barzinho, ou uma igreja, não importa. Aqui se bebe muito, se ora muito já que o amigão é louco mesmo.Pode chegar!
O meu olhar vai dar uma festa na hora que você chegar!
Feliz Sábado!

sexta-feira, 14 de agosto de 2009


Passou um terremoto aqui na casa do patrão. Apareceu uma irmã dele que veio lá dos States. Chegou aqui já dando ordens e reclamando de tudo.
A primeira coisa que a moça fez, foi jogar bom ar na casa toda e proibir o patrão de fumar aqui dentro. Eu já tinha avisado que não é legal fumar dentro de casa, mas o idiota não me escuta. Bem feito.
Eu gostei muito da irmã do patrão ela trouxe um monte de presentes pra ele.Como que ela sabia o numero exato das roupas, das camisetas? Tudo caiu tão bem nele. O patrão ficou gatão de roupa nova. Foi bom porque o patrão não compra roupas. Vocês sabiam que as calças que o meu patrão usa hoje por coincidência são as mesmas que a irmã trouxe quando esteve aqui há três anos atrás?Até a Ana Carolina ganhou uma coleira nova lá da américa. Cachorrinha abusada essa, vocês não acham?
Ela arrumou o guarda roupas do patrão, tudo organizadinho, as toalhas de um jeito, os lençóis do outro, as camisas nos cabides.Eu disse que ela estava perdendo tempo arrumando que daqui a pouco ia estar tudo bagunçado. Ela olhou pra mim com uma cara feia e disse:
- Elite se desarruma ou não, não importa, você está aqui pra cuidar dele!
Pronto! Sobrou pra mim.
Fui pra cozinha que é o meu lugar e liguei pra dona Carla pra me ajudar a fazer o almoço.O cardápio foi costelas gaúchas com mandioca, tutu de feijão e couve.A madame adorou, até tirou foto pra mostrar lá nas estranjas.
Bem eu to indo, antes que o linguarudo fale pra ela que eu não lavo as cuecas e as meias dele.
Ah sim, tenho uma novidade, em primeira mão informo que o neto do patrão vai nascer na próxima terça-feira.
Maria Elite é a diarista do amigão e escreve aqui no blog todas as sextas. Quase perdeu o emprego esta semana por que não anda cuidando direito do patrão. Agora tá pianinho e fazendo tudo direitinho até da Ana Carolina ela tá cuidando. Todas as noticias aqui são verdadeiras a única falsa é ela mesmo.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009



"Se eu sorrise menos, tenho certeza que teria menos amigos"


Bom dia, mas bom dia mesmo!

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Ontem depois que meu filho foi embora e fiquei ali relembrando de todas as nossas conversas me veio este filme à cabeça. Ontem mesmo passamos a manhã inteira conversando bastante e além de vários conselhos que dei ouvi tantos outros dados por ele pra mim.
A mola que move o nosso relacionamento é esta. Boa vontade. E boa vontade me lembra um filme que nunca canso de assistir e que já até escrevi aqui em 2008. 
O título original é "Good Will Hunting", o personagem principal do filme se chama Will Hunting. E o título é meio que uma brincadeira com o nome do personagem com trocadilho duplo. Good Will significa Boa Vontade e Hunting” significa caçando. Então pode se ler de duas formas como o “Bom Will Hunting “, ou “Procurando por boa vontade”
É lógico que você assistiu o filme, está passando toda hora na Band, ou no canal pago. Mas é o meu preferido. Não canso de assistir e tem as partes certas pra chorar inclusive.
- Já saiu de Boston?
- Não.
- Se te perguntar sobre arte, me dirá tudo escrito sobre o tema. Michelangelo... sabe muito sobre ele: sua obra, aspirações políticas... ele e o papa, tendências sexuais, tudo. Mas não pode falar do cheiro da Capela Sistina. Nunca esteve lá, nem olhou aquele teto lindo. Nunca o viu. Se perguntar sobre mulheres, me dará uma lista das favoritas. Já deve ter transado algumas vezes... mas não sabe o que é acordar ao lado de uma mulher... e se sentir realmente feliz. É um garoto sofrido. Se perguntar sobre a guerra, vai me citar Shakespeare... "Outra vez ao mar, amigos..." Mas não conhece a guerra. Nunca teve a cabeça de seu melhor amigo no colo... e viu seu ultimo suspiro, pedindo ajuda.
Se eu te perguntar sobre o amor, citará um soneto... mas nunca olhou uma mulher e se sentiu vulnerável. Alguém que o entendesse com um olhar... como se Deus tivesse posto um anjo na Terra só pra você... para salvá-lo do inferno. E sem saber como ser o anjo dela... como amá-la e apoiá-la pra sempre, em tudo... no câncer. Não sabe o que é dormir sentado num hospital por dois meses... porque só o horário de visitas não é suficiente. Não sabe nada de perda. Porque ela só ocorre... quando ama algo mais que a si próprio. Duvido que já tenha amado alguém assim.
Gosto de tudo no filme, o título principalmente. "Procurando boa vontade". Boa vontade comigo mesmo. Viver mais intensamente sem o medo de correr riscos e sofrer. Sem medo de entrar com tudo em uma relação ou algum projeto. Hoje é dia de boa vontade.
-"Você não é perfeito, ela não é perfeita. A questão é se os dois são perfeitos um para o outro...."
Boa vontade nesta terça, mas boa mesmo!

sábado, 8 de agosto de 2009



E o coração dispara e começo a contar as horas para o dia dos pais.


“O meu filho tem 22 anos de idade.Não o criei desde pequeno e nem tão pouco é um filho legitimo. Quando apareceu por aqui na minha vida veio com idade suficiente para ser um filho enquanto eu tinha idade e carência suficientes para ser o pai que ele precisava.
Assim estabeleceu-se uma família. Pai e Filho que se tratam apenas como “amigão” e “amigão”. O orgulho de um pai pelo filho e os sentimentos mais puros e lindos disso tudo ficam patentes quando o filho chega em casa e não encontra o pai que está prestes a passar por uma cirurgia:
- Onde você ta?
- To na Carla.
- Ah, ta.
Bem, o filho está preocupado com o pai e por isso volta a ligar:
- Vem cá, você não tá bebendo não né?
- Lógico que tô
- ...firmeza então.
E a terceira ligação vem em seguida, desta vez cheia de irritação dos dois lados:
- O que é William?
- Airton, só vou te falar uma coisa: Você sabe que tem que fazer esta porcaria de cirurgia. Você não é mais criança. Boa noite.
O sorriso do pai levando bronca do filho é qualquer coisa que enche de orgulho. Assim se estabelece uma família. Até que o filho que sempre namorou uma garota por mês finalmente está há quase um ano namorando a mesma "chata". Me parece que todas as garotas que querem namorar nossos filhos são chatas e estão decididas a arrancarem-no da gente.O perigo é eminente.. A gente percebe já no terceiro encontro:
-  Mas essa menina...
-  Olha o que você vai falar hein? Eu a amo.
E as coisas estavam correndo bem, até o café da manhã de hoje:
- Amigão, tenho uma coisa pra te falar.
- hummm, lá vem! Tá sem grana? Pega na minha carteira em cima da geladeira.
- Não. Eu tenho grana. Perai que vou fazer um cafezinho.
Levanto da cama embriagado pelo cheiro de café e sento na mesa. Já presentindo que algo muito grave está para ser revelado.
- Quando você vai pro Rio?
- Dia 20.
- Ah ta!
- Fala logo, porra!
- Dia 21 eu vou jantar com a Juliana e ...
- E...
- Vamos ficar noivos.
- ....
- Vamos casar em maio.
- ....
- E não quero saber desta palhaçada de entrar na igreja de "All Star e jeans"
- ....”
E casaram e viveram felizes para sempre.. E agora está chegando um neto o Ryan (eu insisti muito pra se chamar Guilherme, mas fui voto vencido). Pois é, porque a vida é assim? Faz um mês que não vejo o meu filho e como não sou muito de ligar e ele anda trabalhando muito a gente tem se falado muito pouco, mas aí eu fico aqui contando as horas pro almoço deste domingo...


Hoje é dia festa aqui em casa e em nome de toda essa cambada (William, Elite, Ana Carolina e eu) quero desejar a todos um feliz dia dos pais, mas feliz mesmo! Né não?

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Imagine vocês que esta humilde e ilustre diarista que vos escreve não faz outra coisa na vida a não ser assistir a TV Senado a tarde inteira.
Lá nos anos 80 eu usei o adesivo “Eu sou fiscal do Sarney”. Eu toda empolgada pensava que pela primeira vez um presidente tinha olhado para os pobres deste país.
E quando aquele homem com aquele bigodão imenso se apresentava na TV “Brasileiras e Brasileiros....” eu ficava toda arrepiada.
Os tempos mudaram e agora eu uso o adesivo “Eu sou laranja do Sarney”.
Mas a TV Senado é melhor que "Casos de família", bem melhor que "Zorra Total". Aqueles senhores velhinhos levam o humor muito a sério.
E quando você vê o senador Collor defedendo o Senador José Sarney é porque as coisas estão bem ruins mesmo.
Socorro! Eu vi o Collor na TV! E aquela cara de louco dele? Parece que tomou Gardenal vencido. Que medo!
E eu perdi as contas de quantas vezes aquele senador velhinho Pedro Simon já pediu pro Sarney sair.
- Vossa Excelência, por favor peça pra sair!
- Vossa Excelência, não aponte os dedos sujos pra mim!
- Vossa Excelênciao é um coronel de merda!
- Vossa Excelência por favor respeite a minha biografia!
E diz que o Lula gosta do Sarney por que ele gera empregos.Mas até no jornal de futebol que o meu patrão lê tem escândalos da família e quem aparece por lá é o Sarneyzinho que é vice presidente da CBF.
E o Zé Simão da folha diz que “no Brasil todo mundo é filho de Sarney. Quem não tá empregado é porque ainda não fez o exame de DNA”.
E eu queria perguntar aos oito fiéis leitores do meu patrão: Alguém já leu um livro de Sarney? Eu não conheço ninguém que tenha lido um livro do Sarney e olha que eu conheço gente pra cacete.
Pois é meus queridos minhas tardes são assim mesmo, diversão pura...Olha a minha cara de contente...olha bem!

Maria Elite é a diarista do amigão e escreve todas as sextas aqui no blog do patrão.Isso quando não perde tempo em frente a TV Senado. Como se não tivesse mais nada pra fazer na vida.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Tá rolando um filminho de 30 segundos do Criança Esperança, já viram? Abre com uma criança mexendo no lixo e de dentro do carro outra criança diz à sua mãe: "olha mãe, tem uma criança ali mexendo no lixo". A mãe olha e não vê nada: "Filho ali não tem criança nenhuma. A única criança aqui é você". A mensagem do filme é que já estamos tão acostumados com a miséria que nem enxergamos mais nada além do nosso proprio umbigo. Mais ou menos isso, já que não lembro muito bem do diálogo e nem encontrei o filme na net.
Mas amigão, porque você tá falando isso?
Ah, sim lembrei do filme ainda agora  mesmo, quando estava me dirigindo ao trabalho. O dia está realmente bonito e na minha caminhada há um parque que tenho que atravessar todas as manhãs. É o Parque do Povo.Uma área imensa inaugurada no ano passado pela prefeitura da cidade.
Antes era uma favela horrível, não se podia atravessá-la, era necessário dar umas voltas mais além até chegar ao trabalho. Aqui é área nobre da cidade. Cidade Jardim, proximo á AV.Faria Lima, que é uma das avenidas mais ricas e bonitas ocupadas por pessoas igualmente ricas e bonitas. Porque então uma favela logo aqui?
- Vamos derrubar esta favela e construir um parque. Um parque para o povo. O Parque do Povo.É só rolar uns incêndiozinhos aqui outro ali e pronto a favela será removida lá pra periferia.
E eis o Parque do Povo:
O Parque do Povo é bonito mesmo. Só gente bonita. Rapazes musculosos e moças gostosas fazem suas caminhadas e corridas matinais. Até filmagens com modelos e atores rola aqui nesse parque.
No parque há várias obras de artes espalhadas.
Miséria? Gente pobre e feia? Nóias? To vendo nada. Agora temos um grande parque, Um parque para o povo.A vida é assim mesmo, né não?

quarta-feira, 5 de agosto de 2009


Eu fumo há alguns anos. Não sei bem porquê e nem pra quê comecei com essa porcaria. Não me faz bem, não me dá sensação nenhuma de alivio ou descanso. Mas, anta que sou continuo fumando.
É verdade que dá um certo prazer quando estou no boteco pois além de ser um vício químico, é também um vício social, pois fumamos à mesa e conversando e bebendo.Mas isso tudo tem data para acabar.
A partir desta sexta-feira entra em vigor uma lei estadual que proíbe o cigarro em lugares fechados. Aliás a lei já pegou faz tempo, desde que foi anunciada alguns bares já não permitem fumantes em suas mesas.As multas são pesadas e não haverá área para fumantes. Terminou mesmo.
Ai, o mundo já anda tão intolerante que  nós os fumantes, seremos considerados ilegais, intocáveis...Bem feito pra nós, né não?
Mas já que o papo de hoje é propaganda, o Jornal de Propaganda e Marketing, pediu a sete agências que criassem anúncios informando da lei que começa depois de amanhã. Assim, anúncios sem compromisso apenas para ilustrar a matéria do jornal. Veja algumas peças depois comenta lá embaixo qual gostou mais e o que você acha dessa lei.
 
 
Peça criada pela Full Jazz, informa que " 81% respirnado fumaça (mençao aos brasileiros que não fumam )de 19% (dos brasileiros que fumam). Não parece injusto para você?"
 
"Agora é proibido fumar em lugares fechados. Não somos contra nem a favor da lei. Somos a favor da liberdade e do respeito."
"Ao mesmo tempo que a informação choca, ela ajuda a mostrar que não dá pra ficar dentro de um ambiente fechado respirando todas estas susbstancias." (McCann)
Pensando bem, me parece justo...fazer o quê?
Bom dia!



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

____