quarta-feira, 15 de abril de 2009


Tirei estes dias para colocar coisas de casa em dia. Ainda estou em São Paulo resolvendo milhares de pendências e marcando alguns almoços de publicitários. É certo que só estamos marcando e são todos para semana que vem e que passarão batidos. Publicitário é uma racinha sem igual.

Estou sem net em casa e venho na lan house algumas vezes por semana e não tenho tido tempo de ler e comentar nos blogs da minha turma. Tenham paciência comigo.
Apesar de já estar quase certo o que vou fazer a partir de maio, de vez em quando bate uma insegurança e me pego pensando em varias coisas ao mesmo tempo. Entrevista de emprego por exemplo. Quer tortura maior que uma entrevista de emprego?
Achei hoje no fundo da pilha que ia para o lixo, um modelo de respostas para entrevistas de emprego.Eu jamais teria dado certo numa entrevista de emprego e sei de alguns amigos bem sucedidos que também não se sairiam bem numa entrevista dessas.Graças a Deus, não precisei de participar de muitas, porque no ramo que trabalho, basicamente não há entrevistas de empregos o cara liga, "o seu amigo Márcio indicou seu nome, quer trabalhar com a gente?" , "Qual o salário?". "A verba que tenho disponível é tanto, interessa?". "Interessa, pra começar quando?". É assim que funciona.

Nos meus últimos empregos as entrevistas rolaram em restaurantes mas nestes tempos de crise fico imaginando se eu precisar de uma entrevista de verdade como vou fazer?
Segundo os conselhos da revista que acabei de ler, "há uma nova tendência nos departamentos de recursos humanos das empresas que é dar algum valor ao grau de honestidade e espontaneidade nas respostas dos candidatos". Fiquei imaginando como seria uma entrevista de emprego comigo.
Nome? José Airton de Sousa, mas não gosto do José, porque acho que é nome de mané, meu apelido é amigão, mas não sei o motivo.Gosto de ler anúncios, estudar propaganda e jogar ténis. Mas não faço nada disso. Li poucos livros de Machado e não tenho a mínima ideia de quem foi Sheakespare. Sou solteiro, não tenho hora pra chegar ao trabalho mas tenho horário para ir embora, mas se você precisar de mim, eu vou estar no boteco da esquina discutindo futebol, com os amigos da manutenção e da expedição.E lógico fofocando, porque a única coisa legal na nossa profissão é saber quem tá comendo quem e esse papo só rola no boteco. E também adoro umas surubas no final de semana que até os pitbulls participam.
Qual o seu time de futebol? Qual você quer que seja?
E se precisasse ir de roupa social?
Não, não daria certo mesmo.

10 comentários. Clique e deixe o seu!!:

Suzi disse...

ahahahahahaha!!!
é, você não merece passar por isso...

Su disse...

hahahahaha....
Vc não vai passar por isso!!!!


*Sim, nada de responder meu email?! Recebi seu sms... TE amo, amor!!
E vc? Vai vir mesmo, né?!!

BEijos

Dani M. disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk...ai amigão quem dera porder responder às entrevistas assim.
Eu acho entrevista um saco. Nunca sei se o que eu respondi foi satisfatório. Eu tento ser simpática e passar confiança, mas acho que sempre pareço arrogante. E por dentro só Deus sabe como fica o nível de insegurança. Aff...
Ninguém merece.
Espero qeu você não passe por isso não.
Um bjinho!

Du disse...

Eu te desejo toda sorte do mundo, Amigão, seja nas entrevistas ou em qualquer campo da sua vida. Mas antes de qualquer coisa, que você seja muito feliz e continue sendo nosso Amigão de sempre!

Du disse...

Ah, e assim que você arrumar um novo trabalho no qual vai ganhar muito bem (é o que todos esperamos) vê se compra um computador pra sua casa, tá? :D

Beijão

NANA disse...

Du, se ele economizar na cerveja e no cigarro, ele compra um PC logo, logo... kkkkkkk...
(brincadeirinha)


Bem, vc já deve estar careca(!) de saber eu não me dou bem em entrevistas de empregos, principalmente em teste de raciocínio lógico.
Daí vc percebe a qualidade da empresa onde trabalho... =O

Beijão Amigão

Cristiane A. Fetter disse...

Ahnnnn, hummmm, que bom que você não vai passar por isso, ou seria descartado na hora ou viraria o presidente da empresa, rs.
bjks

Lilica disse...

Entrevista de emprego ninguém merece! E aquelas perguntas do tipo "quais são seus pontos fortes e fracos" deveriam ser banidas de uma vez por todas das bocas dos entrevistadores! Rs!

Beijão amigão e boa sorte na nova agência (só em maio né?)

Éverton Vidal disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Boa sorte aí Amigão!

Luana Diniz disse...

Aahauahuahauhua

Qdo eu crescer, quero escrever q nem tu, Amigão. A propósito, nós sabemos pq tu é O Amigão!! \o/

Eu nunca tive receio, medo ou nervoso por uma entrevista. Sempre me achei bastante segura e confiante, mesmo que os resultados nao tivessem sido satisfatórios. Acho que isso surgiu qdo me contrataram após uma entrevista, em que o chefe disse q eu era saliente. Õ_o

Foi engraçadão. Ahahahhhaha
Já a minha ultima entrevista foi para mestrado e foi frustrante demais...mas ja tô boa. Normal!

Entao, toooooooda boa sorte do mundo pra nós, Amigão!

Assinar Feed dos Comentários

Postar um comentário

Deixe o Amigão feliz, comente isto!



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

____