segunda-feira, 30 de março de 2009


Eu tentei aprender tocar piano, mas só sei tocar com a mão direita. O que não adianta nada pois a música vira um monte de “Tan, tan, tan , tan” sem sentido.

Eu já li quase todos os livros, mas não gosto de falar. O que não adianta nada pois o bom mesmo é escrever posts cheio de citações e referências.

Eu acho que ainda sei jogar tênis.Minha tacada era muito forte, há uns dez anos atrás. O que não adianta muito pois a falta de exercícios me tornaram uma pessoa digamos assim ....

Eu sei que o cigarro faz mal.O que não adianta saber, pois o maldito vicio me consome.

Eu gosto de escrever no papel e depois que passar para o computador. O que não adianta pois minha mesa vira um monte de rascunhos e textos inacabados aliados a preguiça de digitar.

E assim os dias vão passando e as coisas que sei fazer, os livros que tenho pra ler, os amigos para quem tenho que ligar, os recados pra responder. O trabalho, as pendências, o regime, o ano bíblico que iria iniciar em janeiro, as resoluções para 2009.... E não adianta nada, pois sei que tenho que fazer mas não faço.

To pensando que em dias como este, todo o conhecimento e sabedoria e certezas não são suficientes. Tudo que se adquiriu em anos de escola e na vida não trazem a força necessária para enfrentar os momentos que seguem.

Mas eis que a resposta chega por email, enviado por uma amiga muito querida D: "Deus se preocupa com cada coisa que nos preocupa. A diferença entre nossa preocupação e a dEle é que Ele pode cuidar disso melhor do que nós."


Deixe que o dia passe e que corra livremente as suas horas. Eu vou pensar que é festa e vou tentar contagiar a todos e deixar que todos os males fiquem para outro dia.

Por hoje eu desejo um bom dia, mas um bom dia mesmo!

9 comentários. Clique e deixe o seu!!:

NANA disse...

[i]"Deus se preocupa com cada coisa que nos preocupa. A diferença entre nossa preocupação e a dEle é que Ele pode cuidar disso melhor do que nós."[/i]

Então se esforce pra relaxar e entrega na mão dele que ele (sempre) sabe o que é melhor, mesmo quando nos parece ser o pior.

Te amo!
Beijões

Flávia e Kbça disse...

então meu amigão, bom dia mesmo!!!

cara, me identifiquei muito com seu texto de hoje, muita coisa que tenho pra fazer, mas um simples amanhã faço é o suficiente para cair n oesquecimento. Engraçado que ultimamente, tenho mudado isso, tomado as atitudes assim que elas vem, sem pensar, sem programar.

abraço.

Dani M. disse...

As vezes fico tão angustiada pensando nas coisas que tenho para resolver mas que não dô conta. E é justamente quando relaxo que elas começam a se resolver.
Amanhã começo a minha aula de piano, depois de velha vou aprender. Espero conseguir mais do que o "tan,tan,tan,tan". Dô notícias.
Beijos Amigão, e um ótimo restinho de dia procê!

Anne Crystie disse...

Olá, amigão!
Muito bacana o seu post.
É aquele velho dilema: Se eu ouvisse meus conselhos...
(Quem sabe algumas coisas poderiam ser diferentes)

;D

"Eu vou pensar que é festa e vou tentar contagiar a todos e deixar que todos os males fiquem para outro dia."
- Que mais que é a vida?
(Já dizia a Rainha dos Baixinhsos)

Um bom dia pra você!
Muita luz!

Cristiane A. Fetter disse...

É verdade, esperar a tempestade passar é sempre a melhor solução.
bjks

Suzi disse...

Há duas coisas nas quais eu sempre penso, quando tenho minhas incertezas:
* Umas palavrinhas que li no livro "Quando tudo falha", que dizem: "Viva a sua fé, e quando tudo falhar, ela o fará viver";
e
* Um versinho da Bíblia, que diz: "Não vos preocupeis com o dia de amanhã; basta a cada dia o seu mal".

E aí, no dia seguinte, que seria o amanhã, é a hora de dizer: "Hoje é o dia que nos preocupou ontem".

É quando percebo que estou viva, que sobrevivi. E começo tudo outra vez.

Hoje (embora os relógios marquem meia-noite e vinte, eu ainda não fui dormir então hoje ainda é "ontem", segunda-feira) é o dia que nos preocupou ontem.
De algum modo você sobreviveu, amigão?
E os demais, a quem você pretendeu salvar? Aqueles que não sabiam nadar o suficiente para pular do barco ou que se virariam com as boias, se acaso fossem lançados ao mar?
E eles? Seu colete salva-vidas foi suficiente?

Bem, seja lá o que tenha acontecido, "o amanhã começa hoje".

Um beijo!

Du disse...

Nossa, Amigão!
Eu A-D-O-R-E-I esse post! Será que foi pela identificação comigo mesma? rsrsrsrs
Tenho certeza que sim!

Beijos, querido!

Éverton Vidal disse...

Gostei dessa mensagem, porque eu também estou cheio de coisas pro fazer...

E também gosto de escrever primeiro no papel pra depois digitar... O resultado...

Luilton disse...

Pense na saudade que seus filhos sentirão de você quando voltar a fumar outro cigarro.

Um abraço.

Assinar Feed dos Comentários

Postar um comentário

Deixe o Amigão feliz, comente isto!



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

____