sexta-feira, 31 de outubro de 2008

A festa acabou. Um monte de comemorações, felicitações e o patrão emocionado pacas. É como disse a dona Ju, "foi tanto confete que acho que nem sobrou pro carnaval". Mas eu conheço o patrão, ele é louco por um confete. Logo, logo arruma um motivo pra vocês ficarem aí se derramando.

Trabalhei muito e enquanto estava ali trabalhando feito uma condenada o cafajeste do Janderson deu um jeitinho de desaparecer no mundo. Depois de um final inteiro sem dar notícia o filho da mãe me aparece com a cara mais limpa dizendo: “ Elite, tu é mó potranca”. Sei.
Aliás eu não sei quando um homem é homem de verdade.Sabe existem duas situações pra você conhecer um homem: Quando está sob a ameaça de uma arma ou quando ele quer conquistar uma mulher.
O Janderson chegou em mim usando um monte de desculpas e artimanhas. Aquele papo de cerca-Lourenço, sabe, só pra se aproximar.Hoje fico lembrando como foi ridículo todo o processo de paquera e namoro.
Da vez que ele se escondeu atrás de um poste pra ver se eu chegava em casa com alguém. Meia-noite e ele atrás do poste. Os cachorros e gatos da rua curiosos olhando pra ele e o danado fingindo que lia a lista do jogo do bicho, colada no poste.Imbecil.

Como pode um homem se sujeitar a este tipo de coisa quando quer conquistar uma mulher?
E os falsos telefonemas errados, só pra ouvir minha voz? (Telefonei pra você? Onde eu estou com a cabeça!”). As bobagens que ele dizia. Pior é saber que ele decorava umas bobagens e dizia como se tivesse pensado na hora.Tanta coisa pra fazer e ele dizendo que não parava de pensar em mim.
E as mentiras? E a vez que inventou que era meio-primo de Leonardo, só pra me impressionar de vez?
Sabe-se lá por que Deus resolveu que nós, lindinhas e perfeitas, teríamos que nos apaixonar por esses paquidermes sem coração para o bem da perpetuação da espécie. Talvez você agora esteja se perguntando:

- Será que não existe nenhum homem que preste?
- Sim, existe, é claro. Mas são minoria... tipo meia dúzia. E desses seis, três são gays, dois são comprometidos e o que sobra quer apenas amizade... ou mora na Groenlândia.

Agora fala sério! Acredita que a casa está uma imundice que dá dó? A pia lotada de louça suja, tem uns duzentos copos ainda pra lavar. E agora me ocorre que amanhã é sábado e já tem visita novamente. Seu Leandro Neres, do Blog Nova Poesia.

Humm, eu gosto de homem romântico e poético. Acho que vou gostar muito do Seu Leandro. Amanhã todo mundo prestigiando o sofá hein?

Elite, 59 anos é a diarista do amigão e também namorada do Janderson. Escreve todas as sextas aqui no blog do patrão.Ainda não tem um blog pois acha que não tem motivos nenhum pra ficar contando sua vida intima pra todo mundo. O post de hoje é baseado em um texto do Luiz Fernando Verissimo, que ela leu no livro "As mentiras que os homens contam" pág. 147. Tudo aqui é verdade a única falsa mesmo é ela.As ilustrações foram todas feitas pelo Moiza, do Cartum com Bobagem.

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

A partir de hoje toda quinta-feira vamos fazer uma paradinha pra um café. O momento que colocamos o pensamento em ordem depois de uma semana que passou voando. Um cafezinho é sempre bem-vindo.
Logo pela manhã quando comentei com o William sobre este papo de café ele já deu a dica: "mostra lá os meus desenhos".

O William é barista. E pra quem não sabe "Os baristas são os “experts” no preparo do café – e têm atuação fundamental na divulgação, junto ao consumidor final, dos cafés de qualidade. Além de terem completo conhecimento sobre o preparo da bebida, eles também têm que entender da história do café, do seu cultivo, tipos de grãos e origens. Eles estão para o café assim como os sommeliers estão para o vinho. Com uma diferença: o barista tem a capacidade de criar novas e originais receitas e apresentações tanto de café espresso quanto de cappuccinos e outros drinques e coquetéis à base de espresso" (o espresso é com "S" mesmo).

No ano passado O Willian participou do Campeonato Brasileiro de Baristas e concorreu com o drink que ele mesmo criou.


PAPAIA CAFÉ
Composição: espresso, mamão, sorvete de creme, limão e leite
Não tenho a mínima idéia de como se prepara isto e nem de como ele faz estes desenhos no café.


O William fez aniversário no dia 27 o mesmo dia do pai dele. Pena que a foto tirada durante a comemoração, não ficou muito boa. Observe bem e você vai entender que qualquer coincidência é mera semelhança.



Mas e aí, quem é que tá afim de um negaõ gostoso, forte , encorpado e fresquinho? Bora um cafezinho ai? Bom dia!

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Uma festa incrivel, nunca vista na blogosfera. Bolos, sorvetes, cervejas, show de Ana Caralhina ( Caracas, "Ana Caralhinha" dá um personagem hein, Urbano? Quer me vender a idéia?) e muita gente, muitos comentários. Desde o sofá até ontem foi tudo uma festa de arromba. E o mais interessante de tudo: Foi virtual e o mais curioso de tudo: Foi festa surpresa. Aos poucos eu vou agradecendo a todos vocês por todo este carinho. Os posts homenagens que vocês fizeram. Tudo muito bonito. Fiquei emocionado por que é meu aniversário e é natural que no aniversário a gente ouça e leia palavras bonitas e receba presentes, mas por favor não levem nada disso a sério. Eu não sou tudo isto não.

O fato é que eu não esperava todo este carinho. E a única palavra que me ocorre no momento para agradecer a todos vocês é:



Obrigado Obrigado Obrigado









Sofá do Amigão - Agenda de Novembro

Sábado - 01/11 - Leandro - Nova Poesia (confirmado)
Sábado - 08/11 - Lorena - Strange Little Girl - Re - Visitando o sofá (confirmado)
Sábado - 15/11 - Lucas - Blog do Lucas (finalmente confirmado, rsrsrsrs)
Sábado - 22/11 - Monica - Diário de mim mesma (mummmmm Confirmado)
Sábado - 29/11 - Luca - - Coisas e Louças (Confirmadissimo)


Orelhada...

"Por que coisas que só acontecem com idiotas acontecem comigo?" (H.Simpson)

terça-feira, 28 de outubro de 2008

"Eu não sirvo de exemplo pra ninguém. Eu troco até os acentos. Digo amem, ao invés de amém."

Eu chorei de madrugada em 1981 quando o Flamengo foi campeão mundial no Japão.
Eu gritei "é campeão!" no maracanã, várias vezes.
Fui desbravador,
Estudei no Colégio Adventista
Vendi picolé nos trens da Central do Brasil pra pagar os estudos,
Já fui membro atuante de igreja,
Servi o exército, na Marambaia.
Eu fui ao Rock in Rio
Conheci a Luana Piovani quando ela era Adventista,
Passei por duas faculdades,

Virei publicitário
Já fui sócio de agência (a Kraw propaganda que faliu oito meses depois)
sou flamenguista roxo mas adoro o Palmeiras.

Já fui brizolista, participei da Juventude Socialista do PDT.
Já odiei o Maluf, na época das Diretas Já,
Estava entre os um milhão de pessoas naquele comício na Cinelândia,
Hoje eu gosto do Lula, mas continuo não gostando do PT, nem do PMDB, PSDB nem Dem, nem ninguém. Partido nenhum.

Fui a quase todos os shows do Paralamas e da Rita Lee,
Curti Lobão, Titãs,
Até Roberto Carlos,

Aprendi a nadar depois dos 30 anos,
Gosto de beber cerveja (demais)
Odeio fumar, (não consigo parar)

Gosto de caminhar sozinho,
Gosto de contar piadas,
Sou bem humorado ao extremo,
Gosto de ler tudo que aparece,

De vez em quando eu me apaixono e ai viro babaca de vez,

Tenho umas dúzias de amigos e eles nem imaginam o quanto os amo.
Não tenho nenhum inimigo declarado.
Tenho um ex-amigo que não fala comigo e nunca me disse o porquê, eu poderia pelo menos pedir perdão se soubesse o motivo foda-se ele

Eu aprendi que não existem amigos perfeitos e sim perdoados.
Adoro viajar sózinho com uma mochila nas costas e algum dinheiro no bolso e conhecer pessoas, mais do que os lugares.

Eu tenho oito irmãos legítimos e mais cinco irmãos adotivos que moram longe.
Eu tenho quase 20 sobrinhos e amo um por um e não confundo os nomes (às vezes sim)
Eu tenho cunhados (arghs)
Eu tenho um filho adotivo, de 22 anos que por coincidência, também faz aniversário hoje.

Não gosto de gatos nem cachorros, gosto de gente.

Só fiquei desempregado uma vez, porque quis.
Trabalhei nas maiores agências de propaganda do Brasil.
Trabalho na agência mais gostosa de trabalhar no Brasil.

Quero morrer aos 60 anos de idade, ainda cheio de saúde. (Agora só faltam 15 anos)
Li a Bíblia 12 vezes,
Oro bastante
Gosto de musica gospel.
Sou desorganizado em coisas não muito fundamentais como dinheiro e compromissos e horários.

Sou molecão
Não tenho sapatos,
Odeio relógios
Não tenho camisa nem calça social. Por isso não vou a casamentos, batizados e formaturas.
Na igreja ainda me deixam entrar de calça jeans e camiseta e All Star. Sei lá se deixam, mas vou assim mesmo.
Eu tenho uma coleção de quase 300 canecas.
Eu coleciono All Star, quase 20 pares já.
Eu aprendi a dizer foda-se quando tinha problemas e eles se resolviam sozinhos.
Eu não me preocupo com nada.
Meus cabelos ainda não estão brancos.
Eu sou o Airton, para alguns "amigão", para outros um "fanfarrão", para minhas amigas "gatinho", para minhas irmãs "gatão" para meus sobrinhos "o melhor tio do mundo" e para minha mãe, "um moleque” (minha mãe não me acha bonito, é mole?).



Um dia minha mãe perguntou:
- menino quando você vai crescer?
Eu me lembrei do poeta e respondi:
- Nunca. Nasci menino hei de morrer menino.
Pensando bem, ainda sou um menino.

Deus me deu estilo e me deu graça.
(Deus me dê estilo sempre e mais graça ainda).

Eu acho que valeu!


Beijo do Amigão

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

INVASÃÃÃO!!! (e a festa continua...)

Opa, dá licença, tamo entrando. Sei que a festa já tá rolando, o fim de semana inteiro todo mundo comemorando, mas hoje a gente veio assumir o comando pra não deixar a festa parar. (Ficou musical esta frase, não?). E a turma toda pode ficar por aqui mesmo, porque hoje o dia é dele e a festança continua rolando solta.
Então, estamos na área. Eu, Nando Damázio, integrante do MSB (Movimento dos Sem-Blog), Juliana Freitas, do Ai, meus sais! e Juca, do Lavanderia Virtual. Como em toda festa de aniversário sempre rola um discursinho básico, nós resolvemos dar umas palavrinhas para homenagear o anfitrião.

Bem, tudo que eu falar sobre o Amigão corre o risco de parecer pleonasmo, afinal, todo mundo já sabe que ele é um senhor simpático e bonachão com jeito de menino. E que eu sou bastante suspeito para falar dele porque, como meia blogosfera já sabe, nós temos um caso. Um caso de amizade real, que já ultrapassou há muito tempo os limites do virtual. O “Amigão” pra mim não é apenas um título, ele é meu amigo de verdade e confiamos um no outro sem restrição alguma.
Um dia ele chegou de mansinho lá no meu falecido blog e deixou um comentário simpático, ao qual logo retribuí e a partir daí passamos a nos comunicar diariamente.
Já passamos muitas tardes de longas conversas, o Amigão sempre sabe o que dizer na hora certa, daquele jeito simplificado e direto, sem enfeites nem palavras medidas, o que às vezes pode gerar discordâncias, mas ele sabe ser surpreendentemente apaziguador e tudo sempre fica bem. Afinal, ele é o amigão da rapaziada.
Este blog confirma isso, é aqui que a turma se reúne, ele abre as portas e deixa todo mundo bem à vontade. Tão à vontade que eu já estou até falando muito, então vou passar a palavra para a Juliana, que com certeza também tem muito o que falar deste nosso amigão querido. Diz aí, Ju.


U-huuuuu (daqueles que só quem entra no BBB sabe fazer)!!!!

O Nando agora faz parte do MSB, e como boa defensora de movimentos que representam os menos favorecidos, topei invadir este blog – mesmo produtivo – com ele e o Juca. Afinal de contas a união faz a força, e açúcar refinado também!
Fiz questão de vir aqui falar do Amigão. Na verdade, não vou falar nada sobre ele, vou falar para ele. Segue aí a cartinha da Juju.

DJ, por favor, um fundo musical, daqueles bem melosos, bem chororô, que é pra dar aquele clima de emoção.

Amigão,
A gente se esbarrou pela blogosfera, se conheceu pessoalmente, e se engalfinhou virtualmente, tudo isso em um ano, mais ou menos, não é?
Aprendi, e aprendo muito com você. As últimas lições vieram no meio de um clima tenso, de uma briga que surgiu numa ironia, e foi regada com muita intolerância. A primeira e maior lição que aprendi com você foi que tolerância é mais que uma qualidade, é uma necessidade. Sem ela não há como ser sociável, no sentido mais amplo que essa palavra pode ter.
Em seguida, aprendi que a gente não pode querer resolver as coisas na porrada. Conversando a gente se entende, ou se mata, mas é preciso conversar, caso contrário jamais tomaremos conhecimento se nosso julgamento foi certo, justo.
Hoje é seu aniversário, e eu não poderia deixar de vir aqui lhe agradecer por essas duas coisas, principalmente. Se hoje eu sou melhor que há um, dois meses atrás, devo isso a você. Muito obrigada, meu amigo! Pela paciência, tolerância, pelo esporro na hora certa, pelo carinho que sei que tens por mim que sei que sabes que é recíproco.
No mais, quero que tenhas um feliz aniversário e que continues assim, agregador. O mundo precisa de pessoas como você!

Beijo muito, muito grande no seu coração!!!

‘A-há! U-hu...Amigão eu vou comer seu booooolo!’


Com a palavra: Juca!

Putz, depois desses dois discursos, um do Nando e outro da Ju, o que eu, reles blogueiro, posso acrescentar?
Humm, já sei! Vou deixar aqui um texto para que o Amigão faça a lição de casa. Vou deixar uma poesia para que ele a interprete. É que ele sempre comenta que não sabe o que dizer sobre poesia. Aí resolvi sacaneá-lo um pouquinho. \o/ \o/

Seja feliz!
É tão somente mais um dia, eu sei,
Pra que eu possa dizer "Seja feliz!"
Mas se é um marco, que eu lhe diga em bis:
Meus parabéns! Parabéns, outra vez!!!
E acredite que é meu esse prazer
De poder lhe dizer, com o coração,
Que é cada vez maior a admiração
Por tudo de bom que vem de você!
Do que eu posso querer, é que sorria
O bom sorriso que trouxer o dia,
Florescido na razão mais urgente:
Estar aqui, e compreender que a vida,
Em magia e festa, ou em dor, ainda,
É o poema que Deus dá de presente!
(
Célia de Lima)

E aí, Amigão, o que sentiu? O que tens a dizer? (risos)

Amigão, tudo não passa de uma brincadeira, mas a poesia foi oferecida com muito carinho. Ela significa que tenho muito admiração por ti, que foi muito bom entrar pra sua turma, te conhecer. Feliz aniversário!

Felicidades, sempre!

UPDATE URGENTE:

Gente, o que foi isso aqui na madruga, hein?! Pultz!! Que surpresa maravilhosa!! Estávamos todos conversando, ouvindo as histórias da Elite (e o Amigão com ciúmes, é claro), quando de repente chega o Nando, a Ju e o Juca... Nossa quanta surpresa! O Amigão estava pensando que eles nem iriam aparecer, mas finalmente apareceu! O sorriso saiu como um pulo do rostinho do nosso anfitrião, e as lágrimas de emoção também vieram, mas ele disfarçou e pronto, recomeça a festança embalada a muita música, bebida e comida que não acaba mais!

E como a casa do Amigão é a casa da gente, eu conversei com a
Suzi e com a Elite, e então decidimos entregar as chaves da casa dele só mais tarde. A festa de sábado, que está rolando até agora, é um sucesso, um verdadeiro encontro de amigos. O Amigão estava tão feliz neste final de semana, que não conseguia tirar o sorriso do rosto - um sorriso que se misturava com as lágrimas de contentamento e satisfação (lágrimas... sei... ele jurou se tratar, apenas, de um cisco em seus olhos)...

Foi um encontro de amigos, encontro com a família, um verdadeiro encontro de sábado, tipo aqueles que “O Amigão” e “As Garotas Sus” tinham quando eram crianças, um encontro de amigos, irmãos, misturados a sorrisos, músicas e regados a muita amizade!

Já naqueles tempos a preparação na sexta-feira para o sábado era sempre incrível, pois tínhamos a certeza de que no sábado deixaríamos todo o corre-corre de lado, e encontraríamos com os nossos amigos, cantaríamos, almoçaríamos juntos... Era um dia de sorrisos, de encontros felizes regados a muita música e boa comida, tipo a
Suzi fez aqui neste final de semana, um encontro memorável e surpreendente!



Turma, eu não sei se vocês já prestaram atenção, mas o Amigão gosta de "tirar o chapéu" para os amigos queridos em dias de aniversário; é uma maneira que ele encontrou de homenagear a todos com as suas belas e emocionantes palavras. E nós esquecemos esse detalhe, não foi?! Bem, mas como hoje ainda é dia de muita festa, eu pensei: que tal tirarmos o chapéu para ele?! Além disso, dia 22 de outubro foi aniversário do “Amiguinho” - filho de Amigo, Amiguinho é... Comemoração em dose dupla, portanto! Homenagem também!

A Elite – benza-a, ó Deus! - preparou um bolo para o cafezinho da tarde, porque “o menino” é barista, sabe? Ah, tá, primeiro vamos explicar o que é barista. Barista é o profissional especializado em cafés de alta qualidade (cafés especiais), entendem? Pois é. E então nós encontramos ali no armário da cozinha uns “blends” maravilhosos... A Elite disse que o moço costuma guardar naquela latinha os melhores “grands crus”, e nem pensou duas vezes, mandou ver. Forno ligado, o cheirinho já está pela casa toda! Agora, é esperar que pai e filho cheguem do mercado - o velho truque do "tá faltando comida e bebida, Amigão", que a Elite usa sempre que quer despistar alguém – e servir!

Amigão querido, poderíamos compor as melhores canções, dizer as melhores palavras, entregar os melhores sorrisos e cantar com a melhor voz, só para poder descrever a alegria de tê-lo como amigo, só para que você sentisse que a amizade é sincera, mas parece que as palavras teimam em não sair, as palavras se desviam e querem apenas um sorriso seu... Então, mesmo sem muito jeito, desejamos a você não apenas toda a felicidade do mundo, mas, muito mais, que o mundo todo receba a luz que a sua felicidade irradia; desejamos que todos os seus sonhos possíveis e impossíveis se realizem, que a vida lhe seja grata pela diferença que você faz na vida da gente.

O que mais podemos desejar para alguém que tem os seus sonhos praticamente realizados, e o que desejar para um jovem cheio de sonhos que tem orgulho desse pai de coração puro e honesto? É difícil, mas as melhores palavras que podemos dedicar a vocês são estas: “QUE DEUS OS ABENÇOE SEMPRE”, porque só Deus nos ajuda em todos os momentos que precisamos, só Ele está conosco nas alegrias e nas tristezas, só nEle se realizam todos os nossos desejos!

E se de um lado está um garoto cheio de sonhos e vontades que ainda estão escondidas e, do outro, um homem realizado, com uma vida gloriosa que construiu e que ainda tem muitos sonhos a serem realizados... um garoto que tem um futuro brilhante pela frente, sendo educado com todo carinho e amor do mundo, por um pai com coração de ouro e que sabe, realmente, viver, e que nos seus sonhos, nas suas vontades e na sua fé em Deus é que trilha esse caminho tão complicado que é a vida, ensinando com seus valores mais uma vida a caminhar por esses novos caminhos... aqui à frente de vocês estamos nós. Nós todos, seus “amigos da blogosfera”. Aqui, para compartilharmos juntos este dia, essas bênçãos, esses sonhos, essa imensa alegria!

Feliz Aniversário, meninos!!

Vocês são de tirar o chapéu!!

(Texto de Suzanna, subscrito por todos da Turma)

A Elite, que todo mundo já conhece e o William, filho do Amigão, também estão nesta festa. O Moiza foi quem fez a foto.


sábado, 25 de outubro de 2008


Convidada de hoje: Suzi,
a boneca que é dona do seu próprio blog.

Oi, pessoal! Feliz Sábadooooo!

Senta aqui comigo. O sofá não é tão grande, mas eu trouxe almofadas, e adoraria que você ficasse à vontade, pra gente conversar um pouquinho. Anda, senta aqui pertinho, pega uma almofada, coloca no chão... Cabe todo mundo.
- Elite, deixa a porta aberta, por favor... A Turma vai chegando aos poucos e se trancar a porta, a campainha tocando toda hora vai te tirar daqui de perto da gente... Deixa tudo aberto. Portas, janelas... Deixa o povo ir chegando, entrando, e sentando, pra bater papo.

(A Elite dormiu aqui, de ontem pra hoje, porque disse que não perderia o sofá deste sábado por nada! No começo, eu até achei que era por causa da minha pessoa. Tolinha... Elite até gosta de mim, mas em geral nem gosta muito de bonecas! Já me contou que desde criança brincava muito mais de panelinha e de casinha. Quando cresceu, fez um teste vocacional e descobriu que seria a diarista mais disputada da Bahia; e então, para evitar conflitos entre todos aqueles "meus reis", "painhos" e "mainhas", se mandou pra São Paulo e agora está aqui. Ontem, quando parei lá no portão pra deixar umas coisinhas de geladeira, Elite me confidenciou que iria dormir aqui porque o patrão tinha saído sem levar a chave de casa. Esquecido, o rapaz... É muita música na cabeça... Pra evitar que ele ficasse do lado de fora, ela decidiu ficar. "Suspeitei desde o princípio" que não era nada disso, mas fingi acreditar para que ninguém precisasse falar mais nada. Ela piscou de lá, eu pisquei de cá, e fez-se um silêncio, pra não estragar a surpresa...)

Ê, casinha gostosa, sofá fofinho...
Bem, eu preciso dizer que me sinto muito em casa, aqui. Muito mesmo. Talvez porque na época em que o Amigão morava mais distante, lá no Windows Live, e eram hooooras pra chegar na casa dele, eu o convenci a se mudar pra cá.
Eu o visitava, lá naquelas terras longínquas, mas a casa era sempre vazia, ele não tinha esse costume de receber gente em casa, e ficávamos só nós dois conversando.
Isso, quando eu estava lá.
Quando não, ele falava sozinho mesmo.
Nem a Elite, coitado, dava idéia pra ele.
Mas quando eu ía, o papo me divertia tanto que eu achava um desperdício, por exemplo, a gente tomar um chá das cinco com aquela sala imensa vazia, esse sofá vermelho lindo, ocupado só por mim... O telefone nem tocava!

Então, num belo dia de sol quente e céu azul, eu sugeri que se mudasse para uma casa nova, mais perto de mim e de outros amigos comuns, uma casa maior, mais fácil de chegar, com endereço mais fácil de decorar, telefone... E acontece que ele foi amadurecendo a idéia, amadurecendo a idéia... e veio!

A outra casa, nem sei se vendeu, se alugou, não sei. Veio pra cá, primeira locação, tudo novinho, lindo. Mas sabe como é publicitário... Tem que recriar. Espalhou banners pela casa, volta e meia pinta as paredes... Na fachada, onde estava escrito em cima que era um lar, trocou para "Turma", e agora o que se vê é "Turma do Amigão".

Começou a freqüentar a casa dos vizinhos, apresentou sua coleção de canecas, foi dando uma cara nova pra casa nova, e aí deu nisso... fez tantos amigos que já fez até obra; ampliou a propriedade (a Elite ganhou um quarto, na expansão) e anda até pensando em trocar os móveis e o sofá, que já ficou pequeno - até por isso, as almofadas que eu trouxe ficam de presente, tá bom, Amigão?

Eu vou continuar contando como é a casa, por dentro, já que nem todo mundo, quando vem, tem tempo de passear por aqui. O papo vai rolando aqui na sala e a gente vai ficando. Quando vê, já é tarde, hora de ir embora, e nem sabe onde é o banheiro.

Bem, o banheiro é logo ali, à esquerda. O Amigão usa "Neve", porque a Elite diz que foi o melhor comercial de papel higiênico que já criaram, aquele do "Alfredooooo!!", e ela, sob o pretexto de valorizar os publicitários, exige que se prestigie a marca. Ela sabe que o patrão já trabalhou na DPZ e, no fundo, acha que foi ele quem criou a campanha; por isso essa tanta questão do "Neve".

No quarto, se você der uma olhadinha, tem um quadro que ele trouxe da outra casa. Nele, se lê:

“Eu não sou nada. Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada
e a despeito de tudo isto
tenho todos os sonhos do mundo”.

É assim que ele pensa. Na verdade, é isso que ele finge que pensa. Ele finge que pensa que não é nada, finge que acredita que nunca será nada, finge que não pode querer ser nada, pra poder encher a boca e dizer que a despeito disso tem todos os sonhos do mundo. Na boa? Ele sabe que é especial, que é fundamental na vida de uma porção de gente (não é mesmo, Bruna? não é isso, mamãezinha? estou errada, amigos da infância, irmãos, turma da escola, blogueiros, colegas de trabalho...?), e sabe que faz parte dos sonhos mais incríveis que Deus sonhou. E é realmente isso o que faz com que carregue no coração todos os sonhos do mundo.

Ele mesmo já disse aqui, outro dia, lembrando do "moleque bobão" vindo de Campo Grande/RJ e que foi parar no meio do zumzumzum da Publicidade brasileira: "Em todos os momentos eu lembrava que estava ali porque alguém lá em cima gostava muito de mim"...

Bem, ali naquele canto da sala - dá pra ver daí? - tem um "toca-discos". A garotada do séc. XXI não sabe nem o que é isso, mas pode pegar... não morde, não queima, não cheira mal. É ali que o Amigão põe pra tocar um LP antigo, que ajudou a produzir nos anos 90. Fez a parte de arte, fez a capa, e até hoje diz que a música da sua vida está ali... Se você der sorte, passando por aqui num sábado à tardinha, de repente numa sexta-feira, perto do pôr-do-sol, pode até ouvir o Amigão cantando uns versos...

"Quando olhei ao meu redor
Percebi que estava só
Percebi o quão distante

De Você eu fiquei
Ao ouvir a Sua voz
Mesmo longe de Você
Percebi que era
O momento de voltar

Você me mudou
Me fez renascer
Me mostrou a razão de viver
Você me mudou
Me fez renascer
E me trouxe um novo amanhecer

Quantas vezes eu tentei
Por mim mesmo me enganar
Minhas forças esgotei
Sem resultado algum
Cheguei quase a imaginar
Que não tinha solução
Mas Você me recebeu
Com tanto amor

Você me mudou...

A Sua companhia
É o que eu mais quero
Por toda a vida, por toda a vida
Jesus, Senhor, tome o meu viver
Pois pra você eu quero só viver

Você me mudou...

Pois só você me mudou"


Pois é... O Amigão é assim divertido, é assim amigão, assim companheiro, assim bonachão, hospitaleiro e camarada, porque ainda era um bebê quando sua mãe lhe disse: "Filho, eu vou lhe ensinar o caminho em que você deve andar, e você, mesmo velhinho, eu sei, porque está escrito, não vai se desviar dele."
Depois desse dia, mãe Maria cuidou de ensinar o caminho, e pela vida inteira, até hoje, permanece pedindo a Deus que o Amigão e cada um de seus outros filhos permaneça no bom caminho; que ainda quando forem velhinhos não se desviem da direção certa.

A imagem que eu tenho de Dona Maria é essa: "mulher de oração", "mãe que ora".

Por falar em mãe Maria... Uia!! É ela quem está ali, por trás da porta, escondidinha?? Entre mãezinha, entre! Fique aqui pertinho de nós que já está na hora, sim! E ali, no portão? É a Bruninha? Vem, Bruninha, vem cá!! Cadê o filhão? Chegou? Então vambora, pessoal! Tá na hora!! Vamos lá? Todo mundo!

SURPRESAAAA!!!
1, 2, 3 e já! Parabéns pra você
Nesta data querida
Muitas felicidades
Muitos anos de vida!
Com quem será?
Com quem será?
Com quem será que o Amigão vai casar?
Vai depender
Vai depender
Vai depender se a Amigona vai querer

Derrama Senhor,
Derrama, Senhor
Derrama sobre o ele o Seu amor...

Hoje vai ter uma festa,
Bolo e guaraná, muitos doces pra você
É o seu aniversário...
Chegou a hora de apagar a velinha
Vamos cantar aquela musiquinha
Parabéns, a você
Parabéns, a você
Pelo seu aniversário!

Hoje é dia do teu aniversário
Parabéns... Parabéns...
Fazem votos que vás ao centenário
os amigos sinceros que tens.

Reunidos neste dia,
de tão grande alegria,
desejamos que as bênçãos de Deus
caiam todas sobre os dias teus...

E que em data igual a esta,
haja sempre a mesma festa;
cada um renovando
os votos que hoje fazem
de venturas e de paz!

E pra fechar, gente, como é que é?
- É Big????
- Nãaaaaooo!
- É Big????
- Nãaaaaooo!
- É big, é big, é big???
- Não, não e nãaaaaooo!! "É isso, é isso, é isso!!"
- Então, como é que é??
- "É isso aí... Um vendedor de flores ensinar seus filhos a entender seus amores..."


Feliz Aniversário, Amigão!!!
Viva o 27 de outubro!!


E cada um que passe na mesa e se sirva.
Hoje, a casa é de todos nós!!
Suzi escreve de vez em quando, aqui na Turma do Amigão. É a segunda vez que vem para o sofá. De lá pra cá, nada mudou... Continua acreditando que nada do que fazemos tem importância se não tocamos o coração das pessoas, e eu continuo sendo pra ela, mesmo que as centenas de quilômetros existentes entre o Rio e São Paulo nos separem, um amigo-irmão ("Amigão", na cabeça da boneca, sempre foi um substantivo derivado por aglutinação) com quem ela pretende conviver por toda a eternidade. Acreditem: isso não é uma linguagem metafórica, muito menos eufemismo! Eu sei muito bem o que ela quer dizer. Serão sábados e mais sábados felizes, de uma lua nova a outra lua nova...

Suzi foi "fotografada" pelas "lentes" de Moiza, o cartunista/caricaturista da nossa Turma, que é cheio de idéias mirabolantes. Desenhista dos bons, em breve será mundialmente conhecido. E então "nós vamos ver que um vencedor antes de tudo é sonhador"(ev)!
Visite o blog do Moiza. Conheça o Cartum com Bobagem.

sexta-feira, 24 de outubro de 2008


Se vida de diarista é um inferno, imagine a vida da diarista do amigão. Está dificil, meus queridos. Estou em pé desde as seis horas da manhã. A cidade está um caos e levei duas horas pra vir do Jardim Cocaia até o Campo Grande. Ônibus lotado. Transito. E um calor insuportável.

Chego aqui e o patrão já estava acordado e ouvindo música, "o que será que andam sussurrando no breu das tocas". O que será que será que resta dizer quando não se quer falar no que não tem conserto nem nunca terá. O que andam falando pelos botecos, o que anda nas cabeças, anda nas bocas. O que não tem sentido nem nunca terá. O que não tem vergonha nem nunca terá. O que não tem juízo.

Fico ouvindo estas músicas que ele gosta tanto e fico pensando que São Paulo não tem conserto nem nunca terá. O horário eleitoral é aquela conversa mole de sempre. A dona Marta , que sempre apoiou o movimento gay, acusa o Kassab de ser ele mesmo um gay. E a bibarada indignada dizendo que a Marta traiu o movimento. E como vingança aparecem denúncias contra o atual marido dela. O que não tem decência nem nunca terá.
Meu patrão disse que ninguém é obrigado a votar. Mas é obrigado a comparecer na zona eleitoral. O que dá na mesma. Então vou lá domingo, com esta carinha de palhaça que Deus me deu. Ah, como eu queria morar no Rio, só pra votar no Gabeira...


Bem meus queridos, o patrão já foi trabalhar. Eu tirei aquele CD antigo que ele tava ouvindo e já coloquei o CD do Leonardo, meu lindinho. Agora sim, agora sim...o astral da casa muda. Tenho que descascar três quilos de cenoura pra fazer a salada que o meu patrão vai dizer que foi ele que fez. Tudo bem que a receita é dele mas quem faz é a Elitezinha aqui viu? Semana que vem eu passo a receita pra vocês.E o bolo? Tem que fazer bolo também... quantas pessoas irão passar por esta casa neste final de semana. O patrão comprou umas 10 caixinhas de latinhas de cervejas, contando assim por cima são 120 cervejas. Imagine a bagunça que vai ser isto aqui.

Amanhã a dona Suzi, vem visitar o sofá do patrão e vou fazer uma bacolhoada bem caprichada pra ela. Eu gosto muito dela.

Maria Elite, 59 anos , natural da Bahia, namorada do Janderson é a diarista do amigão e escreve todas as sextas-feiras aqui neste espaço. É o dia de preparação pro Sábadão do Amigão. Todas as notícias aqui são verdadeiras, a única falsa aqui é ela mesmo. A Ilustração da Elite, foi feita pelo grande Moiza, do Cartum com bobagem

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Ops, A Suzi acabou de comentar a Feijuca de ontem, e lembrou do post "O dia que a galinha atravessou a Rua", bem parecido com o post do fim do mundo de ontem. Aproveitando a dica da Suzi, você pode clicar AQUI e ver o post que deu muito o que falar na época.
Hoje é dia de posts antigos. O meu post lá no Notícias Irrelevantes. também é uma re-postagem. Por sugestão da Suzanna.
Então, como dizia o Galvão Bueno, hoje você tem dois posts inéditos no vale a pena ler de novo.
"O Dia que a Galinha atravessou a Rua" - Aqui ou "A Ana Carolina me Cansa" AQUI
Dá um desconto pro amigão, pq eu to sem PC em casa, e não sei onde deixei meu Pen drive.

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Recebi este meme do Aru, do blog Puta Nhaca. Ora Aru, pra mim além de surpresa é uma honra ser citado no seu blog. Oito coisas que quero fazer antes de bater as botas, ou partir desta pra melhor.
Se não me falha a memória a Elite respondeu este meme, mas como é indicação do Aru, vou responder. E Ele fica devendo uma visita no sofá. Certo?

Oito Coisas para fazer antes de morrer
A primeira coisa que pensei, foi que se é pra fazer antes de morrer tem que ser meio fúnebre com um leve tom de despedida, certo? Em alguns ítens estou sendo muito sincero, hein?

1- Uma festa de arromba. Lembra daquele filme, “para o resto das nossas vidas?”. Isso. Uma reunião com todos os amigos, ou pelo menos os mais marcantes.Mas sem choradeira e muita cerveja.
2 - Outra de filme, lembra de "Estamos todos bem"? Sairia em uma viagem visitando todos os amigos onde estivessem, apenas para ter certeza de que estão todos bem.
3 - Perguntaria para o Pr.L.Laisson, o que foi que aconteceu que ele não fala comigo desde 1996.rsrsrs
4- Acertar umas contas com o prof. Holtz
5 - Deixar mensagens gravadas para os amigos que não visitei e não compareceram a festa (ver item 1 e 2)
6 - Antes de morrer também quero tomar uma cerveja com meu bisneto....
7 - Fazer uma grande festa de fim de ano com todos os meus sobrinhos e dar uma grande fortuna em dinheiro pra cada.
8 - Iniciar o ano com uma grande viagem sem volta.Sem ninguém saber onde,nem como morri.

Perai, se eu conseguir fazer tudo isto é porque to rico e se eu tiver rico, quero morrer não....ai meu D'us.

O Fim do Mundo

O fim do mundo, que estava previsto para acontecer em 2000, parece que agora vai. Já que Fidel Castro, nem Hugo Chávez, nem Lula, nem Evo conseguiram. A missão ficou mesmo com o companheiro Bush. As grandes cidades do mundo já estão lotadas de milionários sem-teto.
Como seria o fim do mundo aqui na blogosfera? O DataAmigão realizou uma ampla pesquisa entre a turma para descobrir como cada blogueiro definiria o fim do mundo.

Abradadoras Asas: Amigão você é muito lindo, mas isto é o fim do mundo
Ai, meus sais: Eu sempre sonhei com o fim do império americano. Eu me fodo mas vou rindo.
Apenas Nana: Não sei, mas é o que eu digo, nada acontece por acaso.
Blog da Suzi: Eu poderia até me preocupar com isto, mas hoje é sábado.
Blog do Lucas: Então a partir de hoje estou lançando um novo quadro aqui no blog. O Fim do Mundo comentado. E quem fizer o melhor balão sobre o fim do mundo, vai ter o seu banner exposto aqui, até o mundo acabar de verdade.
Lorena: Acho bom, porque assim eu dou um tempo na net...
Nova Poesia: ....Esta foi forte (!)
Vó Rô : Fiquem tranquilos, estarei rezando por todos vocês.
Moça do Sonho: Por sugestão do Urbano vou criar uma blogagem coletiva.
Sensata Paranóia: Eu estava andando pelas ruas de Porto Alegre e tive uma inspiração para musica que vou compor para o fim do mundo.
Renovidade: Não vou escrever sobre o fim do mundo.Porque já estou cansado de mundos sem fins.
Bagunça Organizada: Putz...logo agora que to virando adulto.
Francine: Sempre que venho aqui tem novidades, agora mais essa. É o fim do mundo
Lavanderia Virtual: Hummm, hoje pesquisarei sobre o fim do mundo
Meias e Cuecas: E quem vai cuidar da Mariana, meu deus?
Jornalista Azarado: Que azar logo agora que meu livro sobre o assunto ficou pronto.
Meu conto de Fadas Particular: Ah, eu não sou daqui mesmo...sou de marte
Olhos Virtuais: Olá pessoas, já que vai acabar, be happy
Minhas Marés: O mundo acaba, mas meu amigão é lindo....
Anônimo: ....(o comentário foi excluído pelo administrador do blog)
Esta é uma homenagem aos vinte amigos que mais comentam na Turma do Amigão (inclusive o anônimo). Espero que gostem da brincadeira.
Orelhada


"Se eu voltar, é porque Deus está comigo, caso contrário, estou com Ele" frase de caminhão

terça-feira, 21 de outubro de 2008


Abaixo duas fotos do amigão e o tempo que separa uma foto da outra são exatos 20 anos. O que mudou? Simples eu não era tão charmoso quanto sou hoje.
Quando jovem eu tinha mais fígado, mais tesão mas era muito responsável. Vinte anos depois meu fígado já foi pras picas há muito tempo, e me tornei menos maduro, menos responsável e muito mais moleque. Mas eu daria tudo para ter um coração perfeito, um fígado inteiro e mais tempo de ereção.




Dias atrás enquanto cortava o cabelo ouvi do barbeiro (é assim que diz do cara que corta o cabelo, certo?) que eu não deveria mais tingir o cabelo:
"- Amigão você não é mais um garoto. Pare de querer sê-lo! Como diz um velho tango: "20 anos não é nada, mas o dobro de 20 já começa a ser alguma coisa".
Em termos de vida já tenho mais que o dobro que os meus amigões tão jovens que me lêem. Nestes 40 e alguma coisa fiz amigos e inimigos, amei muito e peguei centenas de porres. Fui rídiculo, covarde e algumas vezes precisei mentir descaradamente. Mas o tempo passa o tempo voa e a poupança Bemerindus nem existe mais e eu estou definitivamente envelhecendo.E assim será daqui pra frente. Não vai dar pra consertar todos os erros do passado. Não vai dar pra limpar minha triste memória. Não há mais tempo.
A única coisa que tenho que fazer é aceitar que estou envelhecendo. Já não sou mais o mesmo de vinte anos atrás. Estou definitivamente ficando velho. E isso, por mais que eu tente disfarçar é uma merda.

Estes dias que antecedem meu aniversário, nem estão tão ruins assim.Apenas alguns fantasmas resolveram aparecer, apenas um ou outro contratempo. Também nem estou mau humorado nem deprê. Mas é que me deu vontade de criar um clima apenas para citar Bukowski:
“Onde anda você, juventude? Que falta você me faz sua grande filha da puta!”.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

A polícia errou? Deeveria ter sido mais enérgica, ou colocar sonífero na comida? Errou ao deixar a outra garota voltar ao cativeiro? Deu tiros? Matou? Vacilou....
Eu só queria que me respondessem uma pergunta: Quando o rapaz começou namorar com a criança , ele tinha 19 anos e ela 12. ????
Doze? Doze!!!!
Mas ela tinha doze anos mesmo? E ninguém viu isto? E agora a policia vai ter que pagar por isto?




Bom dia!

sábado, 18 de outubro de 2008

Convidado de hoje: Gabriel, o dono do blog Olhos Virtuais
Quer dizer que agora eu estou ficando importante ?
Caraca, quantas celebridades internéticas já passaram por aqui e agora chegou a minha vez ?
Fiquei muito feliz quando o Amigão me convidou para que eu participasse do seu sofá, onde já passaram várias celebridades e compartilhasse com vocês algumas palavras.


Uma pessoa que dedica um espaço para os blogs amigos, é um grande amigão mesmo, e uma das coisas que eu aprendi e eu cultivo na minha vida é a amizade. E a amizade que se cultiva na blogosfera é muito forte, às vezes falamos com pessoas do outro lado do país e mantemos contato com as pessoas como se elas estivessem aqui perto e pudessem sentar em nosso sofá todo final de semana para dar risada e contar histórias divertidas e lembrar de fatos engraçados nas nossas vidas.


Graças a Deus que podemos contar com amigos virtuais que são amigos de verdade e que fazem parte das nossas vidas, pois nessas correria do dia-a-dia quase não temos tempo para dar uma relaxada no sofá alheio, mas hoje estou aqui me abundando no sofá do amigão.


OLHOS VIRTUAIS

Sempre fui uma pessoa apaixonada por Internet, Tecnologia, e afins, e sempre estive na net em Fotologs, Flickr, e outros blogs que não vingaram, mas o Olhos Virtuais é uma experiência que nasceu da vontade de colocar pra fora idéias e compartilhar opiniões sobre os mais diversos assuntos criando uma conversa informal sobre um pouco de tudo.

Nessa jornada blogosférica pude interagir com muitas pessoas que ajudaram o Olhos Virtuais a crescer, O Amigão, que sempre entende os posts de Publicidade que eu faço, O Gury, do Riscos e Rabiscos, que sempre comenta e me dá puxões de orelha quando eu falo asneira, a Grazielle do Conjunto de Palavras, Maria Fernanda do Bonequinha de Seda, e muitos outros amigos e leitores que sempre me dão a honra de sua visita para um bate papo sobre qualquer assunto.

O Olhos Virtuais completa 1 ano logo mais em novembro e confesso que estou muito feliz em ser um membro da blogosfera e possuir um veículo que leva informação e que é tão bem recebido pelos internautas, e é claro que eu não poderia deixar de agradecer muito os leitores, aqueles que assinam o Feed e comentam nos posts, pois isso é o que me motiva para escrever mais e me preocupar com mais qualidade de informação para os leitores, pois ele é feito como um hobby para aqueles que apreciam bom conteúdo, e conteúdo é o que não falta hoje na internet, mas conteúdo bom é aquele que aproxima pessoas e serve de ponte para fazer novos amigos, e criar discusões saudáveis sobre tudo o que der na telha. E essa é a minha proposta na Blogosfera.


Um pouco sobre o dono do Olhos Virtuais


Gabriel Fiorini é Cristão, Jovem Publicitário que deixou sua terra natal para se mudar para Campinas e cursar faculdade e desde então trabalha em Agência de Publicidade na cidade e é proprietário de uma revista voltada para pais com filhos de 0 a 12 anos que circula na região.
Viciado em séries, como LOST, Friends e outras séries que marcaram e ainda marcam e ocupam muito tempo da minha vida.
Aquele que sente saudades da vida de criança onde sua única preocupação era se ia brincar de balanço ou gangorra.
Aquele que entrou na faculdade e achava que ia mudar o mundo, e se esforça para conseguir mudar pequenas coisas ao seu redor.
Aquele que ama a família, a namorada e se esforça para ser um bom filho e um bom namorado, mesmo que não consiga tudo ao mesmo tempo.
Aquele que não espera acertar sempre, pois tem muitos defeitos, aquele que sinceramente é diferente, que não ama pela metade, que não sabe viver de mentira, que procura estar sempre com os pés no chão, e que sabe que não será o mesmo sempre, mas sempre será o Gabriel.


Futuro



Gostaria muito de que o Olhos Virtuais crescesse ainda mais e fosse um blog de referência no Brasil, e se Deus quiser vai ser. Além disso, tenho um projeto para criar outro blog com a colaboração de amigos para gerar mais conteúdo e ter maior interatividade, mas para isso preciso me aperfeiçoar nas técnicas de escrita, de design e programação para fazer um blog para competir de frente com os grandes, e ainda pretendo logo logo lançar o PodCast do Olhos Virtuais que com certeza terá uma sessão igualzinha do Sofá do Amigão para chamar os amigos para uma boa conversa.

Bom pessoas, acho que é isso. Espero que tenham gostado de conhecer um pouquinho sobre mim e sobre o Olhos Virtuais.
Amigão, obrigado pela oportunidade de vir aqui na sua casa e no seu sofá pra jogar um pouco de conversa fora e bater um papo nesse sofá que é o Programa do Jô da Blogosfera.

Abraços à todos.
Be Happy! Yes, you can.

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

O coitado do meu patrão anda num mau humor. Tá insuportável.Falou ate que o fim do mundo está chegando.
- Calma patrão, todos nós enfrentamos períodos difíceis. Principalmente quando o nosso aniversário está chegando.
- Não entendi Elite
- É patrão, o senhor nunca ouviu falar em inferno astral?
- Eu não. Nem acredito nestas coiass.
- Patrão eu tenho um livrinho aqui que explica o que é inferno astral.É uma teoria baseada na análise da revolução solar, ou seja, quando a pessoa faz aniversário, o sol volta ao mesmo lugar onde estava no momento em que ela veio ao mundo. Seria como um renascimento. E o mês que antecede esse novo ciclo é popularmente conhecido como inferno astral.
- Então...com esta maré de azar que eu to, acho que sou um caso pra ser estudado num mestrado de astrologia. Se é que existe isto...
- Não brinca patrão, é coisa séria.
- Ah, Elite...meu celular tá quebrado, minha restituição do IR que sempre sai no quinto lote, este ano não saiu, as contas estão atrasadas....
- E o senhor nem foi no médico marcar a cirurgia...
- Ta louca, do jeito que as coisas estão indo, é bem capaz do Dr.André , marcar pro dia 27 ...
- Calma patrão tudo depende muito da conjunção planetária na sua casa 12, ou seja os planetas que andam por lá
- Meus Deus, quanta besteira!
- Ta vendo o senhor não acredita então porque pergunta?
- E você não sabe da pior, Elite
- Ih, lá vem,
- A festa de final de ano da agencia, em Salvador foi cancelada. O presidente acabou de fazer um comunicado dizendo que devido a crise financeira, todos os custos foram cortados.
- Putz patrão, isto é que eu chamo de inferno astral
- Eu chamo de fim de mundo, Elite. A crise está tão feia que esta semana houve corte de pessoal em várias agencias, teve uma que mandou 40 pessoas embora na quarta-feira
- Eu to falando, é inferno astral
- E quando acaba isto Elite?
- No dia 27 patrão.
- Inclusive a crise financeira mundial?
- O senhor fica zombando... tudo vai acabar no dia 27 e o senhor entrará no seu paraíso astral.
- Espero...agora deixa eu colocar o blog em dia, vai
- Ah, patrão, esqueci de falar, o seu filho mandou dizer que o monitor do PC queimou.Eu nem toquei lá, hein?
- ...

Sabe mau humor e inferno astral pegam, deixa eu sair de perto desta coisa e cuidar do meu serviço. Amanhã é sábado dia Sofá do Patrão. Espero que todos aparecem por aqui pro sofá ficar bem animado que é pra ver se espanta um pouco este mau humor do patrão.Ah, quem vem é o Seo Gabriel, dono blog Olhos Virtuais.


Maria Elite, 59 anos , natural da Bahia, namorada do Janderson é a diarista do amigão e escreve todas as sextas-feiras aqui neste espaço. É o dia de preparação pro Sábadão do Amigão. Todas as notícias aqui são verdadeiras, a única falsa aqui é ela mesmo. A Ilustração da Elite, foi feita pelo grande Moiza, do Cartum com bobagem

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Quando acordei e comecei a preparar a feijuca de hoje, a primeira coisa que vi no blog foi o recadinho da Suzanna: "Bom dia meu lindo". Esta menina me encanta. E foi pensando nela, que coloquei esta musica pra tocar aqui em casa. É a musica mais linda do Paralamas do Sucesso. Ah, maria!
Dai é fiquei pensando: Ah Suzanna, não te machuca os pés andar descalça na ilha...

Eu queria falar com você
Te dizer o que eu sentia
Ah, Maria, Maria
Eu sei que você está em algum lugar
Nessas ilhas

Eu queria viver com você
Poder te ter todo dia
Ah, Maria, Maria
Agora você vê
Aquela estranha mesquita

O fim da tarde, a água escura do mar
Fica pra trás a sombra das ilhas
Ah, Maria, Maria
Não te machuca os pés
Andar descalça na rua

O cais do porto, as igrejas e o céu
A noite, os rios e as outras meninas
Ah, Maria, Maria
Será que você sorriu
Lembrando daqueles dias

Bom dia amigos, a Feijoada está na mesa!



Blog de Tirar o Chapéu



Elas foram as ultimas a visitar o Sofá do Amigão. Que festa !

A Camila chegou devagarzinho, timida com medo e ainda ressabiada porque o amigão pediu pra mudar totalmente o texto em cima da hora. O texto era bonito mas não era pra falar do amigão era pra falar da Camila. E em cima da hora a moça apresentou um texto mais bonito ainda. Sucesso total. "Amigão, não espere muita gente hein?". Arrebentou Camila
Outra festa no sofá, foi a visita da Vó Ro, empolgante, emocionante. A Vó tem encantado a todos nós com seus belos e comovente textos. O blog na Casa da Vovó, lembra aquelas casas de vó mesmo, super aconchegante e acolhedor.

A canequinha do amigão, aquela que é intransferível pois é um presente, vai para a Camila do MEU CONTO DE FADAS PARTICULAR e para a Vó Ro do NA CASA DA VOVÓ. Parabéns as duas e muito obrigado pela festa no sofá.




Posts Show de Bola

O que meus amigos escrevem é muito show. Podem ler tranquilos que a canequinha que confere a qualidadade já está inclusa. Escolhi 10 amigos que escreveram 1o posts Shows de Bola. E pra eles a canequinha do amigão.



"Cartola, que aprendeu a arte do cavaquinho com o pai, mais do que compositor, foi uma das estrelas de maior resplandecência entre os homens que fizeram a história do samba. Ele tinha a poesia na alma, por esta razão foi um grande cantautor do amor, desempenhando este mister como ninguém. Mas não é só no tesouro de cerca de 500 composições que reside a importância de Cartola para a música brasileira. Há muito mais a ser dito..." Coisas Nossas

"Esses nossos pequenos senhores, donos de mim e você, possessivos e caprichosos, ignoram ainda o valor das bençãos que lhes são oferecidas gratuítamente pelo amor que nos incutem. Valorizam pouco o que tem em excesso. .." Agda, do "Abrasadoras Asas"
"Dançando e bebendo, reviveu o pesadelo daquela noite e não pode suportar as lembranças que tanto a atormentaram. Saiu cambaleando da pista e foi pra rua. Nada mais importava agora depois da morte dele. Ele não estaria ali para reconfortá-la, para trazer-lhe de volta a vida... e não estaria ali para impedí-la novamente de terminar o que começou naquela noite. " - Dulce Miller, no "A Moça do Sonho"

"Cuspido e escarrado" - quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa.Correto: "Esculpido em Carrara." (Carrara é um tipo de mármore) - Dica da Francine, no Francine versus Francine

"Não há imparcialidade nem neutralidade no jornalismo. Há ética, justiça, comprometimento com a verdade, mas em hipótese nenhuma, há neutralidade. Ao escolhermos as palavras já estamos sendo tendenciosos (e isso não é algo ruim, como muitos pregam, pelo contrário, estimula a democaracia e a cidadania)." Jornalista Azarado

"Mas a melhor parte era quando a árvore ficava carregada de ameixas amarelinhas... Aí não existia brincadeira melhor do que passar a tarde se empanturrando de frutas, engolindo a polpa amarelinha e azeda e cuspindo o caroço preto. Eu ainda lembro a alegria que eu senti quando, depois de mais de 10 anos, eu comi uma ameixa novamente..." Lorena

"...O amigo que havia citado está na coordenação deste premiado grupo e é um dos diretores. Booker Pittman passou a ser coadjuvante e fiquei vendo os vídeos e os bastidores da produção destes filmes e cada vez me sentia orgulhoso do sucesso dessa turma e da forma empenhada e brilhante com que este amigo trabalhava. E depois de tanto ver os filmes e a história deste grupo, que é relativamente nova, acabei refletindo sobre minha própria vida e pensei, ainda há tempo de me agarrar a algo em que me dê esse brilho e essa paixão! Isso é o que importa!..." Leandro

"Amy Whinehouse: Alguém viu uma mosca preta com um dente faltando andando por ai? Se ver, diga pra ela voltar, porque a vida profissional dela, ainda vai melhorar... é só não esquecer aquela farinha grudada no nariz e não beber demais que já vai estar pronta de novo...Madame Ambrósia no Blog do Lucas

"Tem gente cuja memória é perfeita. Cristiane é assim, consegue lembrar com clareza de momentos e conversas. Nossas DRs são até injustas, ela recorda de tudo o que já discutimos no relacionamento, e eu mal me lembro do que almocei..." Everton

"Por outro me dá vontade de chorar de pensar que uma "planta" como ela pode vir a ser presidenta (presidente tem feminino né?) do país..." Meias e Cuecas


Política

Se você é de fora de São Paulo saiba desde já que a campanha para eleição do proximo prefeito já virou baixaria. De repente a candidata Marta Suplicy, do PT começou com os ataques pessoais contra Kassab com insinuações sobre possíveis informações que ele estaria ocultando, inclusive sobre sua opção sexual.Em um dos filmes do PT o narrador pergunta: "Seu candidato é casado?Tem filhos? O que você sabe sobre a vida dele?"

É algo condenável e inaceitável, especialmente no caso de Marta. "Faz a gente pensar que todos esses anos de apoio à causa gay que ela sempre divulgou podem ter sido uma farsa. Ou, no caso do apoio ter sido verdadeiro até aqui, faz a gente pensar no quanto de ideologia uma pessoa pode abrir mão para conseguir um cargo político. " (Querido Leitor)

E por falar em politica, como tem gente ingrata neste mundo né não? Dá uma olhada nesta foto. O Centro Social foi fechado porque as pessoas, ingratas que são, não votaram na diretora que era candidata a prefeitura da cidade. Veja a noticia completa AQUI. Dica do blog da Suzi




Com Açúcar e com Afeto


A partir de hoje, após as feijoadas eu convido um blogueiro pra tomar um cafezinho, sozinho comigo. E quem fica pro cafézinho de hoje é a Juliana do Ai meus Sais!


"Tive que enumerar sete músicas que eu não deixo de ouvir. Aquelas que estão no som do carro, no iPod, do PC, e na cabeça, o tempo todo!
- Mambembe (Chico Buarque)
- Bicho de sete cabeças (com Zeca Baleiro)
- Odeon (Ernesto Nazaretth)
- Saudades do Brazil (Tom Jobim)
- Minha (Cartola) - Corra e olhe o céu (Cartola)
- Non, je ne regrette rien (Edith Piaf)
Ju, legal tomar este cafezinho com você. E muito obrigado por me surpreender sempre.


ORELHADA FINAL




"Quanto mais eu conheço os homens, mas eu gosto das mulheres "- Barão de Itararé

Fui!

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Tem um meme rolando por aí, “quatro coisas sobre mim” e com ele vejo uma chance de responder a alguns amigos que pedem pra eu falar mais de mim. Então vamos lá, aproveitar o tempo disponível pra gente ficar mais íntimo.

Quatro empregos que tive

Meu primeiro emprego de verdade, antes eu vendia coisinhas no trem da central do Brasil, lembram que já comentei isto? Foi no Hospital Silvestre no Rio.Tinha terminado o ensino fundamental e a minha mãe sentenciou:
- “A porta da graça fechou, agora vai ter que trabalhar”.
Entrei La no hospital como arrumador, tinha uns 16 ou 17 anos de idade.Meu primeiro emprego de carteira assinada, meu primeiro dinheiro. Trabalhava durante o dia e estudava à noite. Fiz o primeiro ano do segundo grau no Liceu de Artes e Oficios, na Praça Onze e o hospital pagava 80% da mensalidade.
Ainda lembro da figura de um tal de Dr.Isaias Andrade, me chamando na sala dele e informando que a partir daquele dia eu estava trocando a vassoura pela caneta. Nem entendi que estava sendo promovido da "arrumação" para a contabilidade.Saí de lá pra servir o Exército.

Quando terminei o serviço militar, trabalhei como secretário de escola. Eu era fera.Um verdadeiro executivo. Praticamente dirigia uma escola sózinho.Até que um cara aprontou uma sacanagem muito grande comigo.Lembra Suzi? Foi uma punhalada daquelas de perder completamente o rumo da vida. Um dia se tiver coragem eu conto esta história aqui. Puta covardia, eu era um garoto de 19 ou 20 anos, não merecia aquilo...ah amigão, agora conta vai. Um dia eu conto.
No meu terceiro emprego eu trabalhei como fiscal de propaganda. Isso, ficava assistindo TV o dia inteiro e anotando todos os comerciais que passavam na TV, conferindo a secundagem e qualidade dos filmes. Foi ali que me interessei pela publicidade e comecei a estudar e vim morar em São Paulo.

No quarto emprego, eu já era publicitário e aí realizei o sonho de trabalhar nas maiores agencias de propaganda do Brasil, são 22 anos de carreira onde fiz de "um tudo" na publicidade, trabalhando em todas as áreas. Só não fiquei rico por que Deus não quis. Bem que eu queria....
Mas o meme continua perguntando outras quatro coisas, sobre lugares que morei, os lugares que eu visitei. Daí é quase que um outro post.
Costumo dizer que se é verdade que cada um veio a esta terra com um missão especial, a minha especificamente é me divertir. Eu vim à passeio.Eu sou um viajante. Tenho horas e horas de quilômetros e vôos. Eu sempre volto aos lugares. Eu não tenho carro nem sei dirigir, não compro roupas nem coisas caras, eu gasto meu dinheiro é com viagens.

Foto daqui

Eu adoro uma estrada, o cheirinho do asfalto, ou o sorriso da aeromoça. Aquele “senhoras e senhores, estamos chegando em Salvador, a temperatura local é tal e tal...”.Sejam bem vindos.

Quatro coisas que tenho que fazer ainda este ano...
A cirurgia...ai meu Deus, finalmente esta cirurgia vai sair. Vou cortar logo esta porcaria de hérnia agora em outubro.
Já estamos bem íntimos né?O meme continua, mas ai eu já me alonguei bastante por aqui, que pena, talvez eu continue ou não. Sei lá.

Putz, eu tento, mas não consigo escrever um texto menorzinho.

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Sábado enquanto a Camilinha estava aqui fazendo as honras do sofá, resolvi colocar a leitura e os comentários em dia. Leio em ordem alfabética. Parei na letra “R”, do Re-Vidal, digo, Re-novidade. Não dava para fazer uma leitura rápida, era preciso ler aquele post com muita atenção: “Mais pensamentos acerca de Deus”. Se você tiver um tempinho aí sobrando, vai lá no Vidal e dá uma lida. Vale muito a pena.
Estava sem tempo, e como tinha que visitar uma amiga, imprimi os posts dele que eu ainda não tinha lido e levei pra ler no transito.
“Outro dia li um comentário de um estudante que dizia que religiosidade é uma fraqueza. Ele tem razão- pensei”. Dizia assim o post do Vidal.

Ele tem razão, pensei eu também com meus botões.

Religiosidade é coisa de fraco? Deus é coisa de fraco? Sei lá. Nem quero discutir isto. Eu quero é confiar em Deus e acreditar que Ele pode muito por mim. Não sou assim tão forte para viver separado dEle.


“Não há um só bom...todos carecem da graça de Deus...” diz o verso da Bíblia.

Em uma conversa por email (eu prefiro os emails ao MSN, já falei isto?) com a Suzanna eu citava uma entrevista do Cazuza, em que ele dizia mais ou menos isto: “Eu sou uma ovelha desgarrada do rebanho de Deus. Mas eu sou uma pessoa muito intensa , quando eu choro eu choro com muita intensidade...quando canto eu canto intensamente....e quando eu rezo eu rezo muito intensamente...imagine o que Deus não pode fazer por uma ovelha assim tão intensa”.
É isso, eu faço muitas coisas que não deveria teoricamente fazer. Eu bebo, fumo falo palavrões intensamente, e tantas outras coisas intensas que vocês ficariam corados de saber....(rsrsrs), mas quando eu oro, eu oro intensamente.

Eu já ouvi muitas vezes uma ilustração sobre a criança que vai ao médico, mas como aconteceu comigo, vou citar aqui um exemplo pessoal.

Uma vez minha irmã pediu pra eu levar minha sobrinha no posto de saúde para tomar a vacina. Era vacina daquelas de agulha no bumbum. Suelen, ficou no meu colo e perguntou se ia doer, mesmo a enfermeira dizendo que não doeria nadinha, eu disse pra ela:

- Vai doer sim. Mas eu to aqui do seu ladinho. Segura na minha mão.
E enquanto Suelen tomava a vacina, senti que sua mãozinha apertava a minha com bastante força.
Ela sentiu dor, mas sentiu muito mais a mão do tio ali segurando e teve certeza que nada aconteceria com ela.

sábado, 11 de outubro de 2008



“Você já conhece o sofá do amigão, certo? Gostaria de convidá-la a participar com a gente no mês de outubro.”
Primeiro pensamento: Vou ler de novo...
Segundo pensamento: Tenho que ler de novo, mas já to quase acreditando...
Terceiro pensamento: Meu Deus!!!!!!!!! Ele me chamou pro sofá!!!!!!!!!!!!!!!!!
Todos os outros pensamentos seguintes: Eu nem acredito! Que chique! Que medo! Será que eu consigo? Vou escrever sobre o que? Não vou achar nenhum assunto interessante. Que convite legal! Ele me convidou mesmo! Vou pesquisar temas na internet! Não, tem que sair da minha cabeça! Devo estar escrevendo bem mesmo! Será que eu to escrevendo bem mesmo? Acho que não... Será que ele não se enganou? Que feliz, eu no sofá do amigão! Só gente importante passa por lá! Isso me torna importante? Acho que não... To nervosa! E se eu não aceitar? Mas eu quero ir pro sofá! Eu consigo... Eu consigo... (já um pouco menos eufórica, mas ainda emocionada)

-Amigão, estou um pouco nervosa.

-Já passa, Camila. Fique à vontade, daqui a pouco você estará se sentindo em casa.

-Ai, ta bom.

-Quer começar?

-Hum... Quero sim, na verdade, eu quero mesmo é fazer uma baita homenagem a você. Dizer o quanto gosto do seu blog, o quanto admiro isso que você faz aqui nesse sofá, tão gentilmente dando oportunidade para novos blogueiros como eu, o tanto que...

-Calma, Camila. Fico profundamente agradecido por essa sua intenção. Obrigado mesmo! Mas sabe, esse espaço é pra você falar de você, divulgar seu blog, mostrar suas idéias, dizer do que você gosta...

-Vixi... Pois a intenção era mesmo essa, viu Amigão? Falar bem de você. Rasgar seda mesmo, como dizem por aí.

- Eu já falo demais sobre mim aqui, Camilinha.

-Hum... Então posso deixar a homenagem pra outra oportunidade, né? Seu aniversário tá chegando, que eu sei. De repente, posto um texto bem bonito pra você no meu blog.

-Isso você que sabe... Você que sabe...

-Pois que o assunto seja eu então, e meu blog, e o que vier na minha cabeça, assim de improviso mesmo, porque o nervosismo já está passando.





Meu conto de Fadas Particular



Ah, antes de tudo, vou me apresentar, não sou nem mal educada, né? Meu nome é Camila Mesquita, tenho ¼ de século (que horror! Hehehe...), sou uma futura Cirurgiã Dentista e moro em Fortaleza. Para quem não me conhece, muito prazer! Entrei há não muito tempo aqui no fantástico mundo dos blogs e já me sinto em casa, mas devo isso a vocês porque fui muito bem recebida.

Antes de viver Meu Conto de Fadas Particular, eu não escrevia nada (ou quase nada, havia escrito três textos durante a minha vida toda). Não que eu tenha me tornado uma escritora, claro que não! Mas fico surpresa como consigo, assim sem muito esforço, deixar as palavras saírem de dentro de mim. E fico surpresa porque foi tudo de uma hora pra outra. Um dia eu não escrevia e nem tinha vontade. No outro, estava postando um texto e tendo idéias pros próximos.

De onde saiu tanta vontade de escrever? Onde vou buscar tanto assunto ou tanta besteirinha pra postar? Sabe que eu não sei! Só sei que é assim. Eu já me acordo pensando em qual vai ser o texto de amanhã (é porque o de hoje já foi feito ontem normalmente). Hoje em dia, me pego procurando um pedacinho de papel em plena fila do supermercado pra escrever um pensamento que poderá virar um post, ou tirando minha agenda da bolsa durante o engarrafamento pra rabiscar o começo de um futuro texto, ou, no meio da aula de Endodontia, fico imaginando como seria escrever sobre uma música nova que escutei no rádio.

Escrever no meu blog virou parte de mim. Agora deveria me descrever assim: morena, 1,70m, estudante de odontologia, 25 anos e dona de um blog. Não acho que escrevo bonito e nem acho que nasci com o dom das palavras, não mesmo. Mas quer saber? Isso não está me importando muito. O que tem importância é escrever, é o simples ato de deixar meus pensamentos tomarem conta de mim e me levarem embora, sem me preocupar com rima, métrica, forma, figuras de linguagem, próclises, mesóclises, crases, conjugação ou julgamento. Escrevo antes de tudo pra mim, escrevo porque me faz bem, porque me sinto mais livre e mais leve.

Mas não sou nem um pouco egoísta nem egocêntrica pra dizer que não preciso de ninguém pra escrever meu blog. Claro que preciso! Óbvio que quem escreve e posta sou eu, mas aprendi aqui que quem escreve quer ser lido. Não sei se ainda estaria aqui ou se estaria escrevendo com tanta freqüência se não fossem a acolhida e os incentivos de três pessoinhas que me ajudaram a fazer meu blog virar realmente um Conto de Fadas Particular. A Du, a Su e a Luca. Elas estão comigo desde os primeiríssimos textos, passando pelo template e pelo layout. E não posso esquecer de dar os créditos ao Vinicius e à Ju (amigos de antes) porque foram eles que me mostraram esse mundo novo (pra mim).

E o blog, além de ter me ensinado a amar escrever, me deu o prazer de conhecer pessoas amigas, solidárias e acolhedoras. Agora não estou mais falando só delas três não. Estou me referindo a cada um que dá uma passadinha no meu cantinho, que às vezes só deixa um beijinho ou um boa noite, ou elogia um poema, ou dá dica pro próximo conto, ou faz um comentário muito mais bonito que meu texto. Sou imensamente grata a todos vocês. Na verdade, é todo esse carinho e esse amor que alimentam essa teia de comentários, posts, selos, memes e mimos que me faz tão feliz aqui.

Um exemplo desse carinho que compõe o ar da blogosfera é esse sofá do onde vos falo. Digam aí, não é altamente altruísta um cara deixar um fim-de-semana inteiro do seu blog pra outro blogueiro? E não é um blog qualquer, é um famoso, muito visitado e respeitado! Ele abre sua casa, deixa seu convidado à vontade no seu famosíssimo sofá vermelho e ainda disponibiliza sua diarista de Elite pra você explorar também! E com esse ato tão generoso ele enche o convidado de alegria e orgulho.

E é assim que estou me sentindo hoje, feliz, alegre e orgulhosa por ter Meu Conto de Particular, por ele ter tantos personagens fofos e belos e por cada um deles me ajudar a escrever belíssimos finais felizes todos os dias. Muito obrigada as todos que me visitam e comentam no meu simples bloguinho. E também estou feliz, alegre e saltitante por estar aqui, no sofá no Amigão, dividindo com vocês todos esses meus sentimentos e essas minhas palavras.

Amigão, muitíssimo obrigada pela oportunidade! É um prazer ENORME estar aqui com você. Já demonstrei minha empolgação lá em cima, né? Espero voltar mais vezes, viu? (olha aí eu já me re-convidando... é como dizem, “dê um real, mas não dê intimidade”... Hehehe...)

Moiza, adorei a caricatura! E que susto você deu em mim e no Amigão, heim? Mas muito obrigada pelo capricho e fico aqui na torcida pra que dê tudo certo no concurso!




Para conhecer o conto de fadas particular da Camila é só clicar aqui.



Camila, adorei sua participação aqui hoje o texto é ótimo e é um prazer muito grande ter você na Turma do Amigão. Beijão e bom final de semana.




 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

____