sábado, 30 de agosto de 2008

Hoje é dia de re-visita ou re-sofá, quando os meus amigões que não ganharam a caricatura na época que estiveram por aqui são convidados a retornar. A convidada de hoje é a Nana, a dona dos blogs Apenas Nana e Noticias Irrelevantes

ÁGUA PARADA VIRA LODO
Eu ainda era criança quando ouvi essa máxima. Na época levei pro lado prático e pensei que se não esvaziasse a piscina a água viraria lodo que viraria uma sujeira que daria uma trabalheira pra limpar.
Alguns anos mais tarde, comecei a entender aquela frase e perceber como se encaixa em tudo, ou quase tudo na vida. A água em questão é tudo que deixamos parados. TUDO.

Imagine se Einstein guardasse pra si a teoria da relatividade? Nunca que eu ia entender a diferença entre de 20 minutos na fila do banco e 20 minutos beijando meu namorado (que eu nem tenho, ainda!).

Quando eu tinha 10 anos, uma amiga me emprestou o livro “Confissões de Adolescentes” despertando a paixão pela leitura e principalmente por livros que retratem o cotidiano. Se ela não me emprestasse, dificilmente eu não compraria e será que eu leria este livro? Ia ler outros, sem dúvida, mas talvez não fosse despertado em mim a paixão pela vida real, crua, complicada e imperfeita, que é como vejo as histórias daquele livro.

Aos 13 anos fui o ombro de um amigo quando este perdeu a mãe precocemente e aprendi a ser solidária. Acho que ensinei também, pois este mesmo amigo foi meu ombro quando perdi minha avó.

Desde muito nova, lá pelos 5, 6 anos, fui ensinada a escolher as roupas e brinquedos que não me serviam mais e doá-las para o orfanato do bairro. Certa vez me levaram junto, pois só vendo com meus próprios olhos a alegria das crianças eu entenderia a real importância daquele ato. E é bom lembrar que em outros momentos eu também recebia das primas mais velhas roupas e objetos que também não lhes eram mais úteis.

Esse ano minha família começou a praticar a reciclagem de alimentos com a finalidade de transformá-los em adubos para a mini-horta que temos no quintal. “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.” (Lei da Conservação das Massas - Lavoisier)

Esta semana resolvi juntar umas coisas aqui em casa, que nunca uso, vou vendê-las pro brechó do bairro e levantar um trocado pra pagar a Coca-Cola da semana, quer dizer, comprar memória pro computador que está lentinho...

A principal água da vida, em minha opinião é o conhecimento. Conhecimento adquirido é conhecimento repassado. Conhecimento repassado é crescimento (moral) de ambas as partes.

Você deixa água parada? Você É água parada?

E pra encerrar este re-sofá, lembro que esta interação promovida pelo Amigão, nada mais é que a água em movimento.

Bêjo povo!
Bêjo Amigão!
A caricatura é mais uma obra de arte do Moiza, do cartum com bobagem

28 comentários. Clique e deixe o seu!!:

Du disse...

Naninha, eu sempre tive problemas com mudanças e paradoxalmente, odeio a rotina... ultimamente posso até dizer que as àguas estão paradas sim, mas por pura opção. A minha vida sempre foi uma cachoeira de emoções, preciso de um tempo agora e essa água parada do momento, está até me fazendo bem. Bom, pelo menos não tem dengue nela...rsrsrsrsrsrs \o/

Acho que não vivemos em vão. Cada pessoa desenvolve um caminho, uma linha onde vai aprendendo de acordo com sua forma de perceber o mundo. Quando aprendemos a mudar para melhor nossa forma de perceber tendemos a viver melhor e sermos mais felizes. A solidariedade faz parte disso.

Em todo lugar há coisas maravilhosas e sublimes a serem descobertas que transcendem a mediocridade e nos assinala o caminho das virtudes e da perfeição...alcançá-lo, é uma questão de opção, tendeu?

A-D-O-R-E-I o teu texto!
Te adoro, guriazinha!
Beijão pro meu Amigão também!

NANA disse...

Oi Duzinha! \o/
Pois é, suas águas estão paradas no momento, mas deve ser necessário pra vc isso, né?
Eu estou começando a fazê-las circular. Ou percebendo a necessidade delas circularem...

Brigadu pelo comentário! ;]

Bêjo!

DrummerChick disse...

\o/ É isso mermo! Vira lodo e criadouro do mosquito da dengue! \o/

Mini-horta, é? Se eu fosse um tiquinho mais disciplinada eu ia começar isso aqui em casa, mas nem aguar o bougainville todo dia eu consigo! >.<

Amei, Naninha, amei!

NANA disse...

Sim Drummer, ainda está no começo, mas já não compramos tomates, abóbora e algumas ervas. \o/
Beijos

Amigao disse...

Água parada virada lodo.

Que as águas fiquem paradas por um tempo mas não muito tempo para não virarem lodo e como alguém lembrou bem,´serve até para a procriação do mosquitinho da dengue. Então o negócio é movimentar a água.

Um beijão amigos, um beijão Nana fique a vontade por aqui.

NANA disse...

Já fiquei Amigão! =D
Eu sou bem espaçosa! =D

Bêjo

dete disse...

Oi, que boa idéia da Du linkar os amigos em suas frase, porque assim conhecemos pessoas e blogs novos, adorei aqui e estou tomando a liberdade de levar teu link comigo. beijos

Su disse...

Água parada por muito tempo é algo sem vida... sem solução!!!
Adorei!!!
Beijoos Nana,
beijo Amigão!!

Juliana Freitas disse...

Luuuuu... matou a pau, garota!
Mas hoje eu tô lodo puro... Amanhã volto a ser água corrente - eu preciso! Beijos procês dois!

Juca disse...

Nana, obrigado por me fazer lembrar que preciso constantemente me questionar sobre se quero ser ou sou água parada, ou ainda se deixo a água parada. Adorei a parábola!

Temos aqui muitos exemplos maravilhosos de lição diária de vida. Certamente que sua família fez questão de não deixar a água parada, ensinando-lhe preceitos simples e ao mesmo tempo grandiosos de convivência, solidariedade e amor.

Sabe, este fato sobre a reciclagem de alimentos para uso como adubo é algo que penso sempre, pois já reciclo cerca de 90% dos materiais que entram em minha casa. Pena que não tenho, neste momento, local nem material necessário para pôr em prática, muito menos um quintal para plantar uma horta (aliás, já pensei em criar uma pequenina horta em pequenos vasos).

Adorei ler este singelo e grandioso texto. Adorei saber mais um pouquinho sobre ti! :-)

Beijão!

Juca disse...

Aproveito e deixo um grande abraço pro Amigão! Bom final de sábado e ótimo domingo!

ABRAÇÃO! :-)

NANA disse...

Dete, a casa não é mimha, mas como já estou esparramada no sofá mesmo, te dou as boas vindas! =D
Beijos

NANA disse...

Oi Su!
Verdade, água parada por muito tempo, só traz problema e com o tempo vão ficando sem soluções.
Beijos Guria!

NANA disse...

Ju, hoje vc pode ser lodo pq vc tem tido dias de água muito corrente!
Bêjos! =)

NANA disse...

Juca, que bom ver vc aqui!\o/

Óia, vale muito a pena tentar uma mini horta. Conheço pessoas que moram em apartamentos e fizeram hortinhas usando telhas de amianto. É um sistema bem fácil que se vc tiver um minimo de área ventilada consegue fazer.
E é muito bacana vc comer aquilo que vc mesmo plantou.

Bêjos! ;]

Juca disse...

Nana, eu tenho uma boa área ventilada, acho que mede uns 2 metros. Depois quero tirar informações contigo sobre esta técnica usando telhas de amianto!

Fico imaginando colher coentro fresquinho aqui mesmo no meu quintalzinho! :-) Ai, que delícia!

Beijos!

Francine Esqueda disse...

Amigão: Vc entendeu como ninguem o que eu quis dizer no texto das minhas terapias - méritos! É exatamente isso que eu sinto e penso! Estou amando as suas visitas!
Quanto a re-visita da Nana foi ótima... Adorei tudo o que ela disse... Desejo que ela encontre logo um lindo namorado...rs, que mereça este bom coração e esta pessoa especial que ela é!...

Desculpa a demora para aparecer!
To naquele corre!
E valeu por me desejar meu sonho de consumo agora!... Pensamento positivo sempre! Estou em busca!!!
Um super beijo do tamanho do seu coração!
Amigona, FRAN

Amigao disse...

A Nana não tem namorado? ué e o...deixa pra lá.
rsrsrsrs

Vidal disse...

Poxa que texto legal viu! Os espíritas sao assim, sempre cheios de bondade e vontade de passar adiante alguma bênçao.

Eu lembrei de uma ilustraçao que aprendi uma vez na igreja, sobre o Mar Morto, as graciosas águas do Rio Jordao chegam ali e nao saem. Ficam paradas.

Nao é assim que devemos ser nao é Nana? Sao Paulo diz que o Cristo ensinou que "mais bem-aventurado é dar do que receber".

Isso ecoa no seu tetxo. Gostei também de saber um pouco mais sobre sua história.

Que legal. Parabéns Nana.
Inté!

LUCAS DE OLIVEIRA disse...

Hoje é o Dia Internacional do Blog e, vim até o seu blog para parabenizá-lo por existir, e deixar nosso mundo blogosférico mais interessante com suas postagens. É uma data comemorativa por existir todos os blogs que têm comprometimento e respeito com seus dignos leitores.

Em comemoração, publiquei no meu blog (Lucas de Oliveira), uma postagem especial e lá, indiquei cinco blogs que não deixo de visitar. O seu, também está nesta lista.

Seria uma honra receber sua visita para comemorar comigo, o Dia Internacional do Blog.

Forte abraço,

Lucas de Oliveira

NANA disse...

Sim, sim Juca, depois conversamos sobre isso! =)

NANA disse...

Tomara Francine, tomara!
Obrigado pelo comentário!
Beijos

NANA disse...

Amigão, vc não perde uma chance, né? rsrs..

NANA disse...

Vidaaaal!
Pois é, por isso é o Mar Morto.
E não devemos ser assim. Já pensou se tudo que recebemos, guardassemos pra nós? Acabaríamos virando lodo ou Mar Morto.

Bela lembrança sobre S. Paulo. Reflete sim a idéia do texto.

Bêjo Vidal!

NANA disse...

Amigão, faça as honras da casa (do NI também) e felicite o Lucas! =D

Beijo

Amigao disse...

Sim, já fui la no Blog do Lucas e agradeci.
Valeu Lucas e parabéns para todos os blogs pelo dia de hoje.

Sahmany disse...

Putsz, eu acho que não bato bem das idéias, pq eu gosto de mudar de casa, de cidade, mas detesto mudar minha rotina. Entendeu? Nem eu! aff!
Nana, beijo pra vc.
Te adoro viu?

Urbano Leonel Sant' Anna disse...

Puxa, Naninha!!!

Quase que eu viro lodo! (rsrsrsr)
Fiquei parado lá no meu blog, ajeitando a minha casa virtual e, nem me pergunte como, por pouco, quase deixo a tua excelente reflexão sem comentário. Li e deixei pra comentar depois... o resto tu já sabes.

Só duas coisas...

Se uma amigona, a Gabriela Mascarenhas, não tivesse me sugerido escrever um livro, eu nunca teria escrito um romance e, por conseqüência, não chegaria a ter um blog e jamais teria conhecido pessoas tão maravilhosas como tu e outros amigos recentes da blogosfera.

"A principal água da vida, em minha opinião é o conhecimento. Conhecimento adquirido é conhecimento repassado. Conhecimento repassado é crescimento (moral) de ambas as partes."
Grande verdade!
Um dos maiores exemplos de egoísmo burro é aquela história de que o mestre nunca deve ensinar tudo ao discípulo. Cada vez que a gente deixa de compartilhar o conhecimento, pode estar deixando de enxergar um ângulo diferente da questão e, por conseguinte, perdendo uma ótima oportunidade de aprender e de evoluir.

Beijão, querida!

Assinar Feed dos Comentários

Postar um comentário

Deixe o Amigão feliz, comente isto!



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

____