terça-feira, 8 de julho de 2008


Eis que em uma dessas manhãs ensolaradas da semana passada acordei com o som de crianças. Ou acordei devido a um sonho de crianças. Não sei bem. Acordava e abria os olhos e ouvia o som de crianças cantando. Uma canção gostosa, longa e demorada.
Levantei-me e segui em direção ao som da música leve , espontânea e totalmente conhecida para mim. Eram jovens felizes. Brincavam e se alegravam. Tudo parecia tão simples.

Pude ali contemplar aquela cena e me vi no meio daquelas pessoas que já não sei, eram crianças adolescentes, ou jovens? Não sabia mais precisar a época.

Não sabia mais se era um sonho ou se estava acontecendo.Mas a música eu sabia de cor.

Contava a história da arvore da montanha. A árvore que tinha um galho. O galho que tinha um broto. O broto que tinha um ninho, no ninho havia um ovo e neste ovo havia um pássaro....
O pássaro do ovo, o ovo do ninho , o ninho do broto, o broto do galho, o galho da árvore. A arvore da montanha olé ia ô....

Voltei pra cama, procurei meu cobertor e voltei a dormi. Mas a música está na minha cabeça desde aquela manhã ensolarada do mês de junho.
E foi aí que me dei conta que não era mais uma criança. Mas a árvore da montanha olê ia ô....E isto aconteceu na semana passada. Talvez na quinta ou em uma manha de um junho qualquer...

8 comentários. Clique e deixe o seu!!:

Sahmany disse...

Amigão,
vc sabe quais são os links do Vidal e do Rui?
Nào to conseguindo pegar pela janelinha dos comentários e eu gostaria de linkar lá em casa.
Me acode? Por favor?
abraço.

NANDO DAMÁZIO disse...

Haha, gostei da musiquinha, bem animada !!
Eu nem sabia que o Gilberto Barros cantava ..

Bons tempos o da infância, que não voltam mais !!

Abração, Amigão !!

Susanna Martins disse...

Entendi!!!
Hoje eu entendi!!
BEijooooos

Lorena disse...

Há, essa música era fichinha em qualquer viagem de esocla, a gente adoraaaava! Íamos cantando, e sempre voltava pro pássaro, se não me engano... Porque o índio tinha uma pena, e na pena tinha um pássaro e no pássaro tinha uma pena... Sei lá! =P


Amigão, eu e Su vamos nos ver semana que vem e um passarinho me contou que talvez o senhorzinho vai vê-la em breve. Essa informação procede? Se proceder, vou deixar um mimo com ela, pra vc, em meu nome tá??
beijos!!

-pequena disse...

sempre seremos... eternas crianças!!! é a maneira mais deliciosa de curtir a vida!

Nati disse...

Tempos de infância era coisa boa mesmo... Sorte que quando eu era criança, eu era criança MESMO! Nada de querer ser adulta antes do tempo e isso é que era bom. E como era...

Suzi disse...

Eu gostava da parte que dizia "...ai, ai, ai, que amor de..."
ai, isso era lindo...

eu sempre fui assim, chegada a essas coisas de amor... incorrigivelmente chegada a essas coisas. eu, hein!

Juliana Freitas disse...

Voce tem noção que eu vou ficar cantando isso pelo menos uma semana sem parar???

=D

Assinar Feed dos Comentários

Postar um comentário

Deixe o Amigão feliz, comente isto!



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

____