sexta-feira, 14 de março de 2008

Alfredo era um cara muito comedido, muito sério. Por ser do signo de escorpião tinha um controle intenso de sua personalidade. Sabia que se não controlasse era capaz de fazer merda. Homem sábio o Alfredo.
Mas aquele dia não estava sendo bom desde que se levantou. Ao sair de casa e informar à esposa que teria que passar aquele final de semana fora por conta desta viagem tiveram uma discussão feia.ficou quieto. Controlou-se. No caminho para o aeroporto em meio ao transito caótico da cidade, mais uma vez a pressão era intensa e igualmente exerceu um controle intenso.
No avião finalmente ao dirigir-se a sua poltrona deparou-se com um papagaio sentado ao lado. Embora achasse estranho aquilo não disse nada. Ficou em silencio mas de cara percebeu que aquela seria uma viagem longa pois assim que o avião decolou o papagaio iniciou uma série de xingamentos e ofensas.Zoa com todo mundo dentro do avião, xinga a aeromoça, o comandante.
Nervoso, Alfredo, todo educado, pede pela quinta vez para a Aeromoça lhe trazer um uísque mas ela continua fingindo que não o ouve.Sentado ao seu lado, o papagaio comenta:

- Você está sendo gentil demais com a moça! Mulher gosta de ser maltratada! Quer ver só?
E assim que a aeromoça passa pelo corredor, o papagaio grita:

- Ô, sua filha de uma p(*), me traz logo um copo de uísque com bastante gelo!
Dois minutos depois ele é atendido:
- Viu como funciona?
Ele torna a fazer o seu pedido, educadamente e nada.Dez minutos depois o papagaio, de novo:
- Aí, sua vagabunda do c(*)! Não está vendo que o meu copo está vazio? Traz lá mais uma dose dessa p(*) de uísque, sua piranha!
Um minuto depois o copo do papagaio está cheio novamente.Aí o Alfredo perde a paciência de vez:
- Escuta aqui, sua vaca! Traz uma dose de uísque pra mim também senão eu vou lhe enfiar um c(*) nesse teu c(*) fedido!
Dois minutos depois a aeromoça volta acompanhada de dois seguranças que pegam o Alfredo pelo colarinho, abrem a porta do avião e o atiram a dois mil metros de altura.
Antes de cair, ele ainda ouve o papagaio comentar:
- Pra quem não tem asas, este cara é folgado pra cacete não?

8 comentários. Clique e deixe o seu!!:

NANDO DAMÁZIO disse...

huahauhua, por isso que eu nunca acreditei em piadas de papagaio, bobo foi o Alfredo !!

Mas esse papagaio deiva era estar com um pára-quedas escondido entre as penas, pois eu nunca vi papagaio voando .. Será que eles voam ?? =X

NANDO DAMÁZIO disse...

Deiva não .. DEVIA* !!

Suzi disse...

bem, não vou dizer que conhecia essa, porque você vai vir com aquela frase infame do ary toledo...

vou apenas dizer: boa, boa!
porque é boa, mesmo. rs*

rui disse...

Concordo com Suzi, por isso só digo que sem esforço algum ri bastante novamente.
Qto à prgunta do Nando, lembrei uma vez que um daqueles meninos paulistanos, que nunca pisam no chão (da cama já saltam calçados, vão de carro pra escola, pra shopping, pra clube... mas sempre loonge da vida real), e estavam num passeio pelo interior aí viu pela janela do automóvel umas galinhas ciscando, procurando pequenos insetos, cacarejando... e atônito, gritou:
- Olha, pai, um monte de Knnor!!
Voa Nando, papagaio voa e muito... há espécies que são inclusive migratórias

NANDO DAMÁZIO disse...

Uia !! O blogzinho do Amigão também é cultura, hehe !!
Dessa eu não sabia mesmo, quer dizer, não tinha certeza, rsrs ..
Valeu, Rui, conhecimento nunca é demais !!

Mas chamar galinha de Knnor .. Eu não chegaria a tanto, huahaua ..

Cristiane Fetter disse...

Coitado do papagaio. O cara é um tapado e o penoso é que leva a culpa? risos.

Abraços

Éverton Vidal disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
As de papagaio sao as melhores!

Du disse...

Eu já conhecia essa, mas é do tipo que a gente acaba rindo de novo, não tem jeito! heheheheheheheh

beijos

Assinar Feed dos Comentários

Postar um comentário

Deixe o Amigão feliz, comente isto!



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

____