quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Paraiso/Consolação

" A moça chora no metrô.
Por que chora aquela moça?
Sempre acho que todo choro é ou deveria ser por amor, que me perdoem a pobre rima que reverbera aqui embaixo, nos subterrâneos, underground, tantas linhas depois daquela criatura deslizar o inferno rolante, lá no primeiro batente, e cair aqui, passos que conto como o rapaz do crime russo, degraus que ignoro para esquecer o tamanho da queda, deus, vixe.

Uma grande dívida nunca nos põe a chorar de verdade.


Por um familiar, choramos diferente. Desemprego? Não. se não teríamos um tietê, um capibaribe, um paraíba, um são francisco a cada segunda-feira, cada esquina, lágrimas que manchariam a tinta dos classificados e seus quadradinhos lógicos, portas na cara, quem sabe da próxima, projeto ilusões perdidas...


....A moça tenta não soluçar, mas soluça.
Terá discutido a relação na baldeação?


Veste roupa de trabalho sério, e chora. Daqui a pouco estará sentada na sua cadeira de secretária, exímia, bilíngüe, a serviço do capital, das grandes fusões...mas por enquanto chora a moça do metrô e é o que nos importa.


Se não for por amor, eu morra. Terá levado um pé-na-bunda? Terá visto o casamento pelo binóculo do sr. Nelson Rodrigues?Perdoa-me por me traíres?
Salta a moça que chora no trem veloz nesta manhã de janeiro. O amor, amigos, é mesmo como a avenida paulista: começa no paraíso e termina na consolação. Tem jeito não!"



Xico Sá, escritor e jornalista, acaba de publicar um romance-homenagem a são paulo – Caballeros Solitários rumo ao sol poente (editora do bispo).

4 comentários. Clique e deixe o seu!!:

Beto disse...

Maravilha o texto do cara. Maravilha.
Maravilha tb o novo lay-out.
abs

Rui Carlo disse...

Tb acho que todo choro deveria ser por amor, mas que nenhum amor deveria levar ao choro...
"O amor não acaba
não que eu saiba,
mas torna-se amatéria prima
do que o tempo transforma em rima
ou em raiva" (mesqueci o autor, acho que é do lusitano Pessoa)

NANDO DAMÁZIO disse...

"Fulgor, sexo e morte na mais longa noche de San Pablo" ..

Um sub-título caliente assim faz ferver o sangue de qualquer latino .. Até imagino o sabor que deve ter uma história dessa !!

Cafeína disse...

eu choro por desemprego...rs

Assinar Feed dos Comentários

Postar um comentário

Deixe o Amigão feliz, comente isto!



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

____